Diferenciação e desigualdade socioespacial em cidades locais: Adamantina e Dracena

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2023-08-10

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Esta tese buscou analisar e compreender a influência dos agentes econômicos e sociais na dinâmica da expansão territorial urbana e na diferenciação da desigualdade socioespacial nas cidades de Adamantina e Dracena. Tais cidades compõe a região de influência de Presidente Prudente/SP (município de médio porte), de acordo com estudos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2018). A pesquisa foi realizada em três etapas, envolvendo o levantamento de informações de caráter quantitativo e qualitativo, optando-se por uma metodologia mista ou multimetodológica. A primeira etapa abrangeu a análise e compreensão do processo de expansão territorial e da diferenciação socioespacial nas cidades objeto de estudo. Para tanto, foram realizados levantamentos bibliográficos, pesquisa documental e coleta de dados primários e secundários que auxiliaram na construção de uma caracterização das cidades, com foco nos processos de diferenciação e da desigualdade socioespacial. Na segunda etapa foram realizados trabalhos de campo, pela aplicação de questionário, realização de entrevistas e também pelas bases de dados de disponíveis. A terceira etapa elaborou os gráficos, tabelas, quadros, mapas e figuras que viabilizaram a representação das informações coletadas, bem como a análise dos dados da pesquisa. Ao término, realizou-se uma comparação entre as duas cidades, sintetizando as análises das cidades objeto de estudo. Destaca-se que esta tese pode confrontar e reavaliar a compreensão do conceito de cidades pequenas e de cidades locais, frente à compreensão do cotidiano das cidades objeto de estudo.
This thesis aimed to analyze and understand the influence of economic and social agents on the dynamics of urban territorial expansion and the differentiation of socio-spatial inequality in the cities of Adamantina and Dracena. These cities make up the influence region of Presidente Prudente/SP (a medium-sized municipality), according to studies by the Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE) (2018). The research was conducted in three stages, involving the collection of quantitative and qualitative information, using a mixed or multimethodological approach. The first stage involved the analysis and understanding of the process of territorial expansion and socio-spatial differentiation in the cities under study. To do so, bibliographical research, document analysis, and the collection of primary and secondary data were conducted to build a characterization of the cities, focusing on the processes of differentiation and socio-spatial inequality. In the second stage, fieldwork was conducted through surveys, interviews, and the use of available databases. The third stage involved the creation of graphs, tables, charts, maps, and figures that facilitated the representation of the collected information, as well as the analysis of the research data. Finally, a comparison was made between the two cities, summarizing the analyses of the cities under study. It is worth noting that this thesis may challenge and reevaluate the understanding of the concepts of small towns and local cities in light of the everyday life of the cities under study.

Descrição

Palavras-chave

Desigualdade socioespacial, Diferenciação, Espaço urbano, Cidades locais, Socio-spatial inequality, Differentiation, Urban space, Local cities

Como citar

FERREIRA, Silvia Aline Silva. Diferenciação e desigualdade socioespacial em cidades locais: Adamantina e Dracena. Marcio José Catelan. 2024. 251 f. Tese (Doutorado em Geografia) - Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade Estadual Paulista, Presidente Prudente, 2023.