Framework para tratamento de prontuários médicos com suporte ao compartilhamento e privacidade de dados

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2022-01-12

Orientador

Valêncio, Carlos Roberto

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Ciência da Computação - IBILCE

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Trabalho de conclusão de curso

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

Os prontuários eletrônicos, assim como outros dados médicos, são fontes de informações valiosas devido à sua natureza e seu elevado potencial na extração de conhecimento e na tomada de decisão no ramo da saúde. Tais características implicam em uma alta demanda no compartilhamento dessas informações junto a instituições de pesquisas e hospitais. Entretanto, estes dados, em sua grande parte, possuem informações pessoais ou sensíveis, de tal modo que seu compartilhamento pode ferir os direitos de privacidade individual. Dessa forma, a proteção e privacidade no armazenamento e compartilhamento de dados médicos é um grande desafio no ramo da saúde. Diante deste problema, a tecnologia blockchain, complementada por algoritmos de anonimização aplicados sobre as informações pessoais do paciente, pode ser usada como uma alternativa na segurança no compartilhamento dos dados, assim como na preservação da privacidade do paciente e na prevenção de possíveis ataques. A literatura disponibiliza trabalhos que apresentam alguns desses componentes, mas não de maneira agrupada e de fácil implementação. Deste modo, este trabalho propõe como principal contribuição o desenvolvimento de um framework capaz de oferecer recursos para criação de sistemas gerenciadores de prontuários eletrônicos seguros, com o uso da tecnologia blockchain, bem como diferentes métodos e algoritmos de anonimização de dados para preservação da privacidade individual dos pacientes. Os experimentos realizados mostraram que o framework é capaz de ser aplicado em um ambiente real sem gerar carga demasiada para os sistemas de saúde, permitindo que seja possível o compartilhamento de dados médicos anonimizados para instituições de pesquisa e colaborando para o desenvolvimento da ciência.

Resumo (inglês)

Electronic medical records, like other medical data, are valuable sources of information due to their nature and their high potential in knowledge extraction and decision-making in the healthcare field. Such characteristics imply a high demand for sharing this information with research institutions and hospitals. However, this data, for the most part, contains personal or sensitive information, in such a way that its sharing may violate individual privacy rights. Thus, the protection and privacy in the storage and sharing of medical data is a major challenge in the healthcare field. Faced with this problem, the blockchain technology, complemented by anonymization algorithms applied to the patient's personal information, can be used as an alternative to secure data sharing, as well as to preserve the patient's privacy and prevent possible attacks. The literature provides works that present some of these components, but not in a grouped and easy-to-implement way. Thus, this work proposes as its main contribution the development of a framework capable of offering resources for the creation of secure electronic medical records management systems, using blockchain technology, as well as different methods and algorithms for data anonymization to preserve individual privacy of patients. The experiments carried out showed that the framework is capable of being applied in a real environment without generating too much load for health systems, allowing the sharing of anonymized medical data to research institutions and contributing to the development of science.

Descrição

Idioma

Português

Como citar