Abordagens para a avaliação da integridade de riachos: levantamento de métricas e validação de um protocolo para o monitoramento participativo

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2023-09-29

Orientador

Casatti, Lilian

Coorientador

Pós-graduação

Biodiversidade - IBILCE 33004153072P6

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Dissertação de mestrado

Direito de acesso

Acesso restrito

Resumo

Resumo (português)

Os riachos têm sido amplamente ameaçados pelas atividades antrópicas, visto que sofrem influência do ambiente ao qual estão inseridos, o que os torna vulneráveis às alterações ambientais. Tais impactos têm causado a perda da qualidade da água e a diminuição da capacidade do ambiente em sustentar uma comunidade biótica equilibrada. A presente Dissertação foi desenvolvida tendo em vista a necessidade de ações eficientes para a conservação da biodiversidade no noroeste do estado de São Paulo, posto que, nesta região, os ambientes naturais foram quase completamente substituídos por monoculturas, pastagens ou áreas urbanas. O ponto de partida foi a constatação da necessidade de disseminar práticas que envolvam toda a comunidade na conservação dos ecossistemas de riachos através do uso de protocolos que sejam de fácil compreensão e aplicação pela população. Nossa hipótese central é que os atributos do habitat apresentam potencial para serem usados pela população para que ela mesma possa monitorar o estado de conservação dos riachos. A Dissertação está organizada em dois capítulos. O primeiro envolveu uma etapa de desenvolvimento do Índice de Integridade Biótica (IBI) para avaliar os riachos do noroeste do estado de São Paulo, bem como testar e comparar dois protocolos físicos do habitat (Índice do Habitat Físico, PHI; Protocolo de Avaliação do Hábitat Físico, PAHF) como potenciais substitutos para essa finalidade. O segundo capítulo envolveu a caracterização do estado de degradação dos riachos da região de São José do Rio Preto em conjunto com a população e o teste de um protocolo simplificado para o monitoramento participativo como substituto para outros índices mais complexos. Os riachos avaliados demonstraram, na sua maioria, condições muito pobres de integridade biótica, o que corresponde ao histórico de intensa degradação ambiental do noroeste paulista. Houve relação positiva entre o IBI e o PHI e PAHF, o que indica que as melhores condições de integridade biótica estão presentes em riachos com melhores condições de integridade do hábitat físico. Tais resultados indicam que os parâmetros físicos dos riachos interagem diretamente com a comunidade aquática. Além disso, não houve diferenças significativas entre o IBI e os demais índices, o que indica que os índices físicos podem ser utilizados como substitutos para o IBI em contextos envolvendo a comunidade. Notadamente, dada a sua simplicidade, o PAHF mostra-se bastante eficiente para essa finalidade.

Resumo (inglês)

Freshwater systems face widespread threats from human activities and climate change, as they are profoundly influenced by their surrounding environment, rendering them susceptible to environmental changes. Anthropogenic impacts led to deteriorating water quality and a decline in the environment's capacity to support a balanced biotic community. This Dissertation addresses the pressing need for effective conservation measures in the northwest of the São Paulo state where natural habitats have been largely replaced by monocultures, pastures or urban areas. The starting point was the recognition of the need to disseminate practices that involve the entire community in the conservation of stream ecosystems by using protocols that are easy for the population to understand and apply. The central hypothesis posits that habitat attributes can empower the community to assess the conservation status of streams. The Dissertation is organized in two chapters. The first one involves entails developing a Biotic Integrity Index (IBI) to evaluate the streams in the northwest of the state of São Paulo, as well as testing and comparing two physical habitat protocols (Physical Habitat Index, PHI; Physical Habitat Protocol, PAHF) as potential substitutes for this purpose. The second chapter involves characterizing the state of degradation of streams in the São José do Rio Preto region, together with the population, and testing a simplified protocol for participatory monitoring as a proxy for other more complex indices. Mostly of the evaluated streams exhibited very poor conditions of biotic integrity, which corresponds to the history of intense environmental degradation in the northwest São Paulo state. A positive relationship was observed between the IBI, PHI and PAHF, which indicates that the best conditions of biotic integrity are present in streams with better conditions of physical habitat integrity. Such results indicate that streams’ physical parameters interact directly with the aquatic community. Additionally, no significant differences were found between IBI and other indices, suggesting that physical indices can serve as effective proxies for IBI when engaging the community. Notably, due to its simplicity, PAHF emerges as particularly efficient for this purpose.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

BARBOSA, B. C. Abordagens para a avaliação da integridade de riachos: levantamento de métricas e validação de um protocolo para o monitoramento participativo. Dissertação (Mestrado em Biodiversidade). 2023. 105 f. - Universidade Estadual Paulista (Unesp), Instituto de Biociências Letras e Ciências Exatas (Ibilce), São José do Rio Preto, 2023.

Itens relacionados