TERMOFOSFATOS: ALTERAÇÕES em PROPRIEDADES QUÍMICAS em UM LATOSSOLO VERMELHO-ESCURO E EFICIÊNCIA AGRONÔMICA

Nenhuma Miniatura disponível

Data

1997-01-01

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Instituto Agronômico de Campinas

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

Visando avaliar as alterações químicas decorrentes da aplicação de termofosfatos em solo típico da região dos cerrados e a eficiência agronômica desses fertilizantes, realizou-se o presente trabalho, no período de novembro de 1993 a fevereiro de 1994, em casa de vegetação telada, do Departamento de Ciência do Solo da Faculdade de Ciências Agronômicas/UNESP, em Botucatu (SP). Utilizaram-se vasos cerâmicos contendo 5 L de terra da camada arável de um latossolo vermelho-escuro álico, textura média, em três cultivos sucessivos de plantas de alface. Os tratamentos, além de um controle sem fósforo, foram constituídos por aplicações ao solo de 200 mg/dm3 de P na forma de superfosfato triplo (ST), termofosfato Yoorin Master em pó (TMpó) e granular (TMgr) e termofosfato MG-Yoorin em pó (T). As disponibilidades de fósforo, cálcio e magnésio no solo com termofosfato granular foram superestimadas pela extração com resina trocadora apresentando valores superiores às demais fontes, não compatíveis com as concentrações desses nutrientes no tecido foliar. O termofosfato magnesiano (T) proporcionou o maior acúmulo de fósforo na parte aérea das plantas. A capacidade de neutralização da acidez do solo dos termofosfatos em pó foi superior ao da forma granular. As diferenças no tamanho de partículas, alterando sensivelmente a solubilidade do termofosfato granular, proporcionaram produções de biomassa e índice de eficiência agronômica dessa fonte infe-riores àqueles obtidos com os termofosfatos em pó.

Resumo (inglês)

Effects of thermal phosphates on a Dark Red Latosol chemical properties and their agronomic efficiencies were evaluated in a pot experiment with three consecutive lettuce crops, at the Soil Science Department/FCA-UNESP, Botucatu, State of São Paulo, Brazil. Treatments, along with a control check (without fertilizer), consisted of applications to soils of 200 mg P/dm3 as superphosphate, fine and coarse thermophosphate (with micronutrients) and thermophosphate-Mg. Soil samples were collected, for chemical anaylisis, from all pots before each lettuce transplanting and after last harvest. P, Ca and Mg soil availabilities after coarse thermophosphate dressing were overestimated by the ion exchange resin methodology. Coarse thermophosphate was not effective in reducing soil acidity, while fine thermophosphate increased soil pH value. Due to lower solubility, coarse thermophosphate applications resulted in lower lettuce yields and fertilizer efficiencies than those of fine thermophosphate.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Bragantia. Instituto Agronômico de Campinas, v. 56, n. 1, p. 169-179, 1997.

Itens relacionados