Inventário da geodiversidade na trilha Casca d'Anta, no Parque Nacional da Serra da Canastra - MG, como estratégia para o geoturismo, geoeducação e geoconservação: possibilidades para educação ambiental

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2022-02-10

Orientador

Carvalho, Maria Bernadete Sarti da Silva
Vieira, Nuno Manuel Martinho

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Geografia - IGCE

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Trabalho de conclusão de curso

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

O conceito de geodiversidade ainda é muito restrito à comunidade científica. O tema da geodiversidade, assim como da biodiversidade pode ser uma importante ferramenta para a Educação Ambiental (EA) e, consequentemente para a gestão das Unidades de Conservação (UC). A trilha Casca d’Anta está localizada na escarpa S/SW do Chapadão da Canastra, inserida na UC de proteção integral, no Parque Nacional da Serra da Canastra (PNSC), no sudeste do Estado de Minas Gerais. Apesar de ser uma área de proteção integral que permite a visitação, não existe no parque um programa de Interpretação Ambiental (IA) e EA que aborde os elementos da geodiversidade na trilha Casca d’Anta. A estrutura, os equipamentos e o modo de preparação do PNSC mostram-se insuficientes para o uso educativo e científico da trilha. Neste trabalho elaborou-se um inventário da geodiversidade (patrimônios geológico, geomorfológico, tectônico/estrutural e hidrológico) na trilha Casca d’Anta, interpretando a complexa história geológica e geomorfológica da Cachoeira Casca d’Anta e da Serra da Canastra através da metodologia desenvolvida por Brilha (2015). Por fim, registrou-se o inventário no aplicativo Geossit, que está vinculado ao Serviço Geológico do Brasil – Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM). Os valores obtidos foram os seguintes: risco de degradação (100), potencial de uso educativo (300) e potencial de uso turístico (270). Na Classificação do Sítio a trilha Casca d’Anta obteve status de sítio da geodiversidade de relevância nacional com valor científico igual a 175, em um total de 400 pontos para cada item analisado. O resultado poderá servir de apoio para uma possível implementação de um programa de IA e EA voltado para os aspectos da geodiversidade presentes na trilha, que seja estruturado pela gestão do parque, assim como para os guias, monitores e condutores credenciados que atuam de forma autônoma, para que possam oferecer alguma informação relevante sobre a geodiversidade na trilha, superando apenas a contemplação da beleza cênica. Neste sentido, propomos a promoção e divulgação da trilha Casca d'Anta para o status de geotrilha de relevância nacional, do extremo sul da Faixa Brasília.

Resumo (inglês)

The geodiversity theme is still very restricted to the scientific community. Geodiversity, as well as biodiversity, can be an important tool for Environmental Education (EE) and, consequently, for the management of Protected Areas (PA). The Casca d’Anta trail is located on the southern cliffs of Canastra Ridge, inserted within the strict PA, in Serra da Canastra National Park (SCNP), in the southeast of Minas Gerais (Brazil). Despite being an area of integral protection that allows visitation, there is no Interpretation (IE) and Environmental Education (EE) program in the park that addresses the elements of geodiversity in the Casca d’Anta trail. The structure, equipment, and method of preparation of the SCNP are insufficient for the educational and scientific use of the trail. In this work, an inventory of geodiversity (geological, geomorphological, tectonic/structural, and hydrological geoheritage) was elaborated on the Casca d’Anta trail, interpreting the complex geological and geomorphological history of the Casca d’Anta waterfall and Serra da Canastra range according Brilha (2015). Finally, the inventory was registered in the Geossit application, which is linked to the Geological Survey of Brazil – Mineral Resources Research Company (CPRM). The values obtained were, risk of degradation (100), potential for educational use (300) and potential for tourist use (270), in the maximum 400 point in each item. In the Geossit Classification, the Casca d'Anta trail obtained the status of a geodiversity site of national relevance with a scientific value equal to 175, on the trail, which is structured by the park management, as well as for the guides, monitors and accredited conductors who work autonomously, so that they can offer some relevant information about the geodiversity on the trail but the contemplation of scenic landscape. In this sense, we propose the promotion and dissemination of the Casca d'Anta trail, of national relevance geotrail status, in the extreme south of the Brasília Orogenic Belt.

Descrição

Idioma

Português

Como citar