Qualidade fisiológica de sementes de milho tratadas com molibdênio

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2012-01-01

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Associação Brasileira de Tecnologia de Sementes (ABRATES)

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

O tratamento de sementes com micronutrientes, como o molibdênio, garante uma maior uniformidade de aplicação, sendo que, a quantidade a ser aplicada desse elemento nas sementes deve ser suficiente para provir à exigência para o desenvolvimento e produção da cultura. Assim, objetivou-se com o presente trabalho avaliar a qualidade fisiológica de sementes de milho tratadas com molibdênio. A qualidade das sementes foi avaliada por meio da determinação do teor de água, do teste de germinação, da primeira contagem de germinação e da emissão de raízes primárias. Os tratamentos testados consistiram de cinco híbridos (DOW CO32; DOW 2B587; DOW 2B688; PIONEER 30F35 e PIONEER 30K73) e cinco doses de molibdênio aplicadas via semente (0; 7,5; 22,5; 67,5; 202,5 g ha-1 de molibdênio). A fonte de molibdênio utilizada foi o molibdato de sódio dihidratado (39% de molibdênio), sendo que a aplicação do molibdênio foi efetuada por meio da mistura com o fungicida líquido de suspensão concentrada carboxina+thiram sobre as sementes. A qualidade fisiológica das sementes de milho é influenciada negativamente por doses crescentes de molibdênio aplicadas. O híbrido de milho DOW 2B587 obteve melhor resposta à aplicação da maior dose de molibdênio em relação aos demais híbridos estudados.

Resumo (inglês)

Seed treatment with micronutrients, such as molybdenum, ensures a greater uniformity of application. The amount of this element to be applied to seeds must be sufficient for crop development and production. The objective of the present study was to evaluate the physiological quality of corn seeds treated with molybdenum. Seed quality was evaluated by determining the water content, and from the germination test, the first count test and primary root emission. The treatments consisted of five hybrids (DOW CO32; DOW 2B587; DOW 2B688; Pioneer 30F35 and Pioneer 30K73) and five levels of molybdenum applied to the seeds (0; 7.5; 22.5; 67.5; 202.5 g ha-1 of molybdenum). The source of molydenum was sodium molybdate dyhidrate (39% of molybdenum) and the application was made by mixing with the liquid suspension of a carboxim+thiram fungicide on the seeds. The physiological quality of the corn seeds is adversely affected by increasing levels of molybdenum. The DOW 2B587 corn hybrid gave the best response to the application of the highest level of molybdenum compared to the other genotypes studied.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Revista Brasileira de Sementes. Associação Brasileira de Tecnologia de Sementes, v. 34, n. 3, p. 450-456, 2012.

Itens relacionados

Financiadores