Utilização de águas residuárias provenientes do tratamento biológico de esgotos domésticos na produção de mudas de Eucalyptus grandis Hill. ex. maiden

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2007-08-01

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Sociedade de Investigações Florestais

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

Este trabalho teve por objetivo estudar a viabilidade do uso de águas residuárias provenientes de um sistema biológico de tratamento de esgotos domésticos como alternativa à fertirrigação convencional de viveiros florestais, visando à produção de mudas de Eucalyptus grandis via subirrigação contínua. As variáveis avaliadas foram: altura, diâmetro do coleto, peso da matéria seca da parte aérea e da raiz, área foliar, razão raiz/parte aérea e concentração nutricional foliar. O desenvolvimento das plantas, em geral, foi superior no tratamento convencional com adubos minerais. A razão raiz/parte aérea foi favorecida no tratamento com água residuária. Os resultados indicaram que a água residuária pode ser utilizada na fertirrigação de viveiros para a produção do Eucalyptus grandis, pois todas as plantas cresceram, sem deficiência ou toxidez aparente. Entretanto, constatou-se que essas mudas necessitavam de um maior tempo no viveiro, em comparação com as produzidas com fertilizantes minerais.

Resumo (inglês)

This work studied the effect of treated domestic wastewater derived from a biological treatment system as an alternative to nursery conventional fertirrigation for Eucalyptus grandis seedling production. The evaluated variables were: height, basal diameter, shoot and roots dry weight, plant total leaf area, shoot/root ratio and leaf nutritional status of the seedlings. Greater development of seedlings was found when mineral fertilizers were used, but root/shoot ratio was greater when wastewater was used. The results showed that wastewater can be used as an alternative for conventional mineral fertirrigation, considering that all plants grew, without showing any nutritional deficiency or toxicity symptoms. Seedlings fertirrigated with wastewater, however, spend more time in the nursery, when compared to those produced with mineral fertilizers.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Revista Árvore. Sociedade de Investigações Florestais, v. 31, n. 4, p. 745-751, 2007.

Itens relacionados