Conservação refrigerada de uva itália com utilização da irradiação

Nenhuma Miniatura disponível

Data

2010

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso restrito

Resumo

Resumo (inglês)

‘Itália’ grapes were used in this research coming of an area of São Miguel Arcanjo - SP colony Pinhal. The experiment installed in the Fruits and Vegetables Laboratory, belonging to the Administration and Agroindustrial Technology Department, of University of Agronomic Sciences - UNESP - Campus of Botucatu, SP. The treatments which the clusters were submitted were: 0.0 (control); 0.2; 0.4; 0.6; 0.8 and 1.0 kGy of irradiation, where the grapes, put in closed trays with plastic film received gamma rays application. The grapes were stored under cooling, to 5±1ºC and 85 - 90% RH, in cold chamber, during 28 days. The statistical layout was randomized entirely, being 6 treatments and 7 repetitions, using regression analysis. In the conditions which the experiments were accomplished, the results allow to conclude that among the irradiation doses used, 0.2 kGy provided the best results and a of the largest conservations postharvest of 'Italia' grape (85.3 days).

Resumo (português)

Foram utilizadas nessa pesquisa uvas ‘Itália’ provenientes de parreirais comerciais da colônia Pinhal da região de São Miguel Arcanjo – SP. O experimento foi instalado no Laboratório de Frutas e Hortaliças, pertencente ao Departamento de Gestão e Tecnologia Agroindustrial, da Faculdade de Ciências Agronômicas – UNESP – Campus de Botucatu, SP. Os tratamentos a que os cachos foram submetidos foram: 0,0 (testemunha); 0,2; 0,4; 0,6; 0,8 e 1,0 kGy de irradiação, onde as uvas, colocadas em bandejas fechadas com filme plástico, receberam a aplicação de raios gama. As uvas foram armazenados sob refrigeração, a 5±1ººC e 85 - 90% de UR, em câmara fria, por 28 dias. O delineamento estatístico foi inteiramente casualizado, sendo 6 tratamentos e 7 repetições, utilizando análise de regressão. Nas condições em que o experimento foi realizado, os resultados permitem concluir que entre as doses de irradiação utilizadas, o 0,2 kGy foi o que proporcionou os melhores resultados e uma das maiores conservações pós-colheita para a uva ‘Itália’ (85,3 dias).

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Revista Científica Eletrônica de Agronomia, v. 17, n. 1, p. 31-43, 2010.

Itens relacionados

Financiadores