A produção de vinhos finos em Andradas (MG): uma análise da transformação de recursos e ativos específicos

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2023-10-02

Orientador

Frederico, Samuel

Coorientador

Pós-graduação

Geografia - IGCE 33004137004P0

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Dissertação de mestrado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

O município de Andradas, situado na região Sul de Minas Gerais, tem uma história fortemente ligada à produção de vinho. Iniciada por imigrantes italianos no final do século XIX, a produção de vinhos coloniais na área se tornou uma das mais proeminentes do Brasil. Contudo, a partir da década de 1960, a indústria enfrentou desafios, agravados pelo aumento das importações de vinho no país durante os anos 1990. No início do século XXI, como uma resposta à crise, surgiram esforços para desenvolver a produção de vinhos finos na região. Através de testes conduzidos pela Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG) e parcerias com empresas locais, ficou claro que a região possuía as condições adequadas para cultivar uvas viníferas de alta qualidade. Isso foi viabilizado pela técnica da dupla poda, que interrompe o crescimento dos frutos, permitindo uma maturação ideal durante o inverno. A produção de vinhos finos em Andradas representou uma reformulação produtiva, e atualmente apenas duas vinícolas, Vinícola Casa Geraldo e Vinícola Stella Valentino, produzem vinhos exclusivos que refletem as características únicas da região. O desenvolvimento dessa produção envolveu a colaboração de diversos atores locais, a implementação de técnicas inovadoras e a exploração de condições naturais favoráveis. O objetivo central da pesquisa é entender a consolidação desse setor de vinhos finos em Andradas, identificando os fatores que permitiram sua implantação. Além disso, o estudo investiga como essa transformação pode catalisar o desenvolvimento regional, expandindo para atividades como enoturismo e gastronomia local. A metodologia adotada baseia-se na identificação de recursos e ativos específicos, que são elementos fundamentais para a construção de uma cesta de bens e serviços territoriais diversificada. Essa abordagem não se limita à produção de vinhos finos, mas inclui uma variedade de atividades relacionadas que aproveitam as características únicas da região. A pesquisa está estruturada em três capítulos, abrangendo a contextualização global e local da produção de vinhos, a análise detalhada do circuito produtivo específico de Andradas e a estratégia de transformação de ativos em uma cesta ampla para promover um desenvolvimento sustentável e abrangente.

Resumo (inglês)

The municipality of Andradas, located in the Southern region of Minas Gerais state, has a history deeply intertwined with wine production. Initiated by Italian immigrants in the late 19th century, the production of colonial wines in the area became one of the most prominent in Brazil. However, starting from the 1960s, the industry faced challenges exacerbated by the increase in wine imports during the 1990s. In the early 21st century, as a response to this crisis, efforts emerged to develop the production of fine wines in the region. Through tests conducted by the Agricultural Research Company of Minas Gerais (EPAMIG) and partnerships with local companies, it became evident that the region had suitable conditions to cultivate high-quality wine grapes. This was made possible by the technique of double pruning, which halts fruit growth, allowing for ideal maturation during the winter. The production of fine wines in Andradas marked a productive reformulation, with currently only two wineries, Casa Geraldo Winery and Stella Valentino Winery, producing exclusive wines that reflect the unique characteristics of the region. The development of this production involved the collaboration of various local actors, the implementation of innovative techniques, and the exploration of favorable natural conditions. The central aim of the research is to comprehend the consolidation of the fine wine sector in Andradas, identifying the factors that facilitated its establishment. Additionally, the study investigates how this transformation can drive regional development, expanding into activities such as wine tourism and local gastronomy. The adopted methodology is based on the identification of specific resources and assets, which are fundamental elements for constructing a diversified basket of territorial goods and services. This approach extends beyond the production of fine wines, encompassing a variety of related activities that leverage the unique characteristics of the region. The research is structured into three chapters, covering the global and local contextualization of wine production, the detailed analysis of Andradas' specific production circuit, and the strategy of transforming assets into a broad basket to promote comprehensive and sustainable development.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Itens relacionados