Avaliação audiológica, metabólica e de qualidade de vida no indivíduo jovem com zumbido usuário de estéreo pessoal

Imagem de Miniatura

Data

2015-01-29

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Hearing health of young adults has been a constant source of concern to health professionals working in this area. This concern is justified considering the habits of these young people, who in their leisure time, attending noisy environments and use personal stereos, habits that have been considered as a public health problem since endanger the hearing health. The literature reports that one of the consequences in young users of personal stereos is complaint about tinnitus. Considering the above, aim of this study was to characterize and compare the audiological profile of individual users or not personal stereos, with and without tinnitus. This is a descriptive and comparative cross-sectional study, conducted in a clinical school at a public university. Comprised the study sample 60 individuals of both genders, aged between 18 and 30 who were divided into four groups: group 1 sample (GA1) composed of 18 individuals users of personal stereos and tinnitus; sample group 2 (GA2) including 22 subjects users of personal stereos and without tinnitus; control group 1 (GC1): composed of 12 individuals who did not use personal stereos and with tinnitus and; control group 2 (GC2): composed of eight individuals who did not use personal stereos and without tinnitus. The evaluation consisted of the following procedures: interview, questionnaire on the description of hearing habits and behavior in relation to exposure to noisy events, Youth Attitude to Noise Scale (YANS), visual inspection of the external auditory canal, pure tone audiometry, tympanometry and, otoacoustic emissions distortion product. It was used the Tinnitus Handicap Inventory (THI), and it was requested laboratory tests for individuals with tinnitus. The results of this study showed no difference in the results of pure tone audiometry and otoacoustic emissions by distortion product between these two groups. By correlating the results of both procedures, it was observed that most of ...
A saúde auditiva de jovens adultos tem sido uma fonte constante de preocupação de profissionais da saúde que atuam nesta área. Essa preocupação se justifica considerando os hábitos destes jovens, que em seus momentos de lazer, frequentam ambientes ruidosos e utilizam estéreos pessoais, hábitos que tem sido considerados como um problema de saúde pública uma vez que põem em risco a saúde auditiva. A literatura relata que uma das consequências em jovens usuários de estéreos pessoais é a queixa de zumbido. Considerando o exposto, objetivo desse trabalho foi caracterizar e comparar o perfil audiológico de indivíduos usuários ou não de estéreos pessoais, com e sem queixa de zumbido. Trata-se de um estudo transversal descritivo e comparativo, desenvolvido em uma clínica escola de uma universidade pública. Compuseram a amostra deste estudo 60 indivíduos, de ambos os gêneros, com idade variando entre 18 e 30 anos que foram divididos em quatro grupos a saber: grupo amostral 1 (GA1) composto por 18 indivíduos usuários de estéreos pessoais e com queixa de zumbido; grupo amostral 2 (GA2) composto por 22 indivíduos usuários de estéreos pessoais e sem queixa de zumbido; grupo controle 1 (GC1): composto por 12 indivíduos não-usuários de estéreos pessoais e com queixa de zumbido e; grupo controle 2 (GC2): composto por 8 indivíduos não-usuários de estéreos pessoais e sem queixa de zumbido. A avaliação constou dos seguintes procedimentos: anamnese, aplicação de questionário sobre a descrição dos hábitos auditivos e comportamento em relação à exposição a eventos ruidosos, Youth Attitude to Noise Scale (YANS), inspeção visual do meato acústico externo, audiometria tonal liminar, timpanometria e, emissões otoacústicas por produto de distorção. Aplicou-se o Tinnitus Handicap Inventory (THI) e, solicitaram-se os exames laboratoriais para os indivíduos com queixa de zumbido. Os resultados deste estudo ...

Descrição

Palavras-chave

Audição, Disturbios da audição, Zumbido, Jovens, Fonoaudiologia

Como citar

SUMERA, Moniane Aparecida. Avaliação audiológica, metabólica e de qualidade de vida no indivíduo jovem com zumbido usuário de estéreo pessoal. 2015. 79 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho, Faculdade de Filosofia e Ciências, 2015.