Indicadores de estresse por déficit hídrico em plantas de laranjeira e relações com florescimento

dc.contributor.advisorCazetta, Jairo Osvaldo
dc.contributor.authorZanata, Renan Moisés Paneghini
dc.date.accessioned2023-10-10T13:42:17Z
dc.date.available2023-10-10T13:42:17Z
dc.date.issued2023-08-02
dc.description.abstractA citricultura é uma atividade agrícola de notável importância econômica e social no Brasil e no mundo. O florescimento da laranjeira é um evento fisiológico de singular importância, sendo ponto de partida para uma nova colheita, de modo que obtê-lo de forma vigorosa faz-se indispensável para o alcance de boas produtividades. Este processo é determinado por diversos fatores atuando em conjunto, sendo o déficit hídrico decisório no centro-norte do Estado de São Paulo. Há carência de informações para predizer o momento de interromper o estresse, fazendo uso de irrigação. O presente trabalho objetivou quantificar alguns atributos fisiológicos das plantas de laranjeira mediante estresse por déficit hídrico e relacionar estes parâmetros com manejo da irrigação e florescimento. O ensaio constou de 5 tratamentos e 4 repetições, com delineamento em blocos casualizados, sendo os tratamentos caracterizados por diferentes momentos de interrupção do estresse hídrico, realizado em pomar em idade de produção, localizado em Pitangueiras - SP. Foram mensurados diversos parâmetros, como teor de amido em folhas e ramos, teor de clorofila total, liberação de eletrólitos e índices NDVI, entre junho e outubro de 2021. Durante o período avaliado, os teores de amido variaram entre os tratamentos e no tempo (p<0,05). Outros atributos variaram no tempo, mas não entre os tratamentos. O NDVI esboçou correlação negativa com o número de flores de laranjeira, ao passo que liberação de eletrólitos e concentração de amido nos ramos apresentaram correlação positiva, porém mais baixa, de forma que estes três parâmetros, nessa ordem, podem ser considerados bons indicativos do momento de interromper o estresse obtendo como resposta quantidade de flores uniforme e viável. Houve diferença na quantidade de frutos, mas teor de suco, acidez total titulável e teor de sólidos solúveis foram semelhantes (p>0,05) em todos os tratamentos testados.pt
dc.description.abstractCitrus farming is an agricultural activity of notable economic and social importance in Brazil and in the world. The flowering of the orange tree is a physiological event of singular importance, being the starting point for a new harvest, so that obtaining it vigorously is indispensable for achieving good productivity. This process is determined by several factors acting together, with the water deficit being decisive in the center-north of the State of São Paulo. There is a lack of information to predict the moment to interrupt the stress, making use of irrigation. This work aimed to quantify some physiological attributes of orange plants under stress due to water deficit and relate these parameters to irrigation management and flowering. The trial consisted of 5 treatments and 4 replications, with a randomized block design, with treatments characterized by different moments of water stress interruption, carried out in an orchard at production age, located in Pitangueiras - SP. Several parameters were measured, such as starch content in leaves and branches, total chlorophyll content, electrolyte release and NDVI indices, between June and October 2021. During the evaluated period, starch contents varied between treatments and over time ( p<0.05). Other attributes varied over time, but not between treatments. The NDVI showed a negative correlation with the number of orange blossoms, while electrolyte release and starch concentration in the branches showed a positive correlation, but lower, so that these three parameters, in that order, can be considered good indicators of the moment of interrupting stress by obtaining a uniform and viable amount of flowers in response. There was a difference in the number of fruits, but juice content, total titratable acidity and soluble solids content were similar (p>0.05) in all tested treatments.en
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/11449/250935
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
dc.subjectCitrus sinensis, deficiência hídrica, índices de vegetação, irrigação, qualidade de frutospt
dc.subjectCitrus sinensis, fruit quality, irrigation, starch, vegetation indices, water deficiten
dc.titleIndicadores de estresse por déficit hídrico em plantas de laranjeira e relações com florescimento
dc.title.alternativeStress indicators due to water deficit in orange plants and relationships with floweringen
dc.typeDissertação de mestrado
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Jaboticabal
unesp.departmentTecnologia - FCAVpt
unesp.embargoOnline
unesp.examinationboard.typeBanca pública
unesp.graduateProgramAgronomia (Ciência do Solo) - FCAV 33004102071P2
unesp.knowledgeAreaFisiologia e bioquímica vegetal
unesp.researchAreaNão consta

Arquivos

Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
Dissertação Renan Moisés Paneghini Zanata.pdf
Tamanho:
873.03 KB
Formato:
Adobe Portable Document Format
Licença do Pacote
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Nenhuma Miniatura disponível
Nome:
license.txt
Tamanho:
2.25 KB
Formato:
Item-specific license agreed upon to submission
Descrição: