Prospecção de leveduras para a produção de biocombustíveis: estudo dos gêneros Aureobasidium e Meyerozyma

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2015

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

A produção de etanol, assim como outros processos baseados na utilização de matérias-primas renováveis, ganhou destaque nas últimas décadas. Neste cenário, os resíduos agroindustriais tornam-se promissores à produção de etanol de segunda geração. Entretanto, nos resíduos lignocelulósicos a celulose encontra-se bastante protegida, sendo a degradação da fibra vegetal o maior empecilho à produção em escala industrial do etanol de segunda geração. Com o intuito de viabilizar o pré- tratamento enzimático, o estudo de micro-organismos que compõem o jardim de fungos das formigas cortadeiras, como os gêneros Aureobasidium e Meyerozyma, é uma fonte promissora, uma vez que estes são naturalmente adaptados à degradação da matéria vegetal. Sendo assim, o presente trabalho objetivou ampliar o conhecimento da diversidade funcional e capacidade metabólica destes micro-organismos, a fim de obter linhagens com potencial para a produção de biocombustível. A metodologia utilizada baseou-se no cultivo das linhagens em diferentes resíduos da agroindústria com posterior quantificação dos açúcares redutores (monossacarídeos fermentescíveis) liberados, assim como a quantificação da produção de enzimas hidrolíticas, tais como amilases, endoglucanases, pectinases e xilanases. Os experimentos foram realizados em quintuplicata tendo como controle o resíduo lignocelulósico sem inóculo. Ainda, a capacidade do gênero Meyerozyma em fermentar pentoses e produzir etanol foi averiguada. Através destes métodos foi observado que três linhagens pertencentes à espécie Meyerozyma caribbica, podem ser úteis em processos industriais. Com relação ao gênero Aureobasidium, o seu frequente isolamento associado às formigas cortadeiras e a produção enzimática revelada no presente estudo, indicaram seu potencial na degradação de resíduos vegetais. Entre as linhagens testadas, as mais promissoras em processos biotecnológicos...

Descrição

Palavras-chave

Resíduos, Prospecção, Levedos, Biocombustíveis, Fermentação, Enzimas, Bioetanol

Como citar

CANALI, Maria Carolina. Prospecção de leveduras para a produção de biocombustíveis: estudo dos gêneros Aureobasidium e Meyerozyma. 2015. 45 f. Trabalho de conclusão de curso (licenciatura - Pedagogia) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Biociências de Rio Claro, 2015.