Épocas e densidades de semeadura para os cultivares IAC 18 e IAC 22 de soja Glycine max (L.) Merril na região Sudoeste do Estado de São Paulo

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2002-04

Orientador

Bicudo, Silvio José

Coorientador

Pós-graduação

Agronomia (Agricultura) - FCA

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Tese de doutorado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

Realizaram-se três experimentos nas condições edafoclimáticas do Vale do Médio Paranapanema, em 1998/99, objetivando avaliar as populações mais adequadas nos cultivares IAC 18 e IAC 22 e no crescimento e desenvolvimento da estatura de plantas, altura de inserção das primeiras vagens, massa seca de hastes, folhas e vagens, índice de acamamento, índice de área foliar, taxa de crescimento relativo e produtividade, nas épocas de semeadura em outubro, novembro e dezembro, e nas densidades de 8, 15, 22, 29 e 36 plantas por metro com 0,50 m entre linhas. Os experimentos foram instalados em Pedrinhas Paulista (SP), latitude 22º48´55´´S, longitude 50º46´36´´E, altitude 331m, em Latossolo Vermelho eutroférrico (LVef), textura muito argilosa, Tarumã (SP), latitude 22º47´17´´S, longitude 50º32´44´´E, altitude 400m, em Latossolo Vermelho distroférrico (Lvef), argiloso, e em Assis (SP), latitude 22º37´09´´S, longitude 50º22´27´´E, altitude 560m, em Latossolo Vermelho distrófico típico álico, textura média (LVd). O delineamento experimental foi o de blocos ao acaso com 4 repetições por local, em esquema fatorial com 3 épocas de semeaduras realizadas nas primeiras semanas de outubro, novembro e dezembro, dois cultivares e 5 densidades. Nas comparações realizaram-se testes de F, e os graus de liberdade referentes a épocas e densidades foram decompostos em polinômios ortogonais. Observaram-se interações significativas para os parâmetros analisados nos três locais. As maiores produtividades foram obtidas nas semeaduras de outubro. Os índices de acamamento foram maiores nas maiores densidades; os maiores valores absolutos de acamamento para as variedades e densidades foram observados na semeadura de novembro...

Resumo (inglês)

Three field trials were carried out on Paranapanema Valley during the 1998/99 growing season, focusing soybean IAC 18 and IAC 22 cultivar management. The sowing dates were established in the first week of the following months: October, November and December; the sowing densities were: 8, 15, 22, 29 and 36 plants/m, in rows spaced 0,50m. The trials were placed at Pedrinhas Paulista (SP) on 22º48´55´´ south latitude, 50º46´36´´ west longitude, 331 m altitude coordinates, with high fertility soil; Tarumã (SP) on 22º47´17´´ south latitude, 50º32´44´´ west longitude, 400 m altitude coordinates, with medium fertility soil, and Assis (SP) on 22º37´09´´ south latitude, 50º22´27´´ west longitude, 560 m altitude coordinates, with low fertility soil. The studies aimed to determine soybean features as: grain production, leaf, pod and stream dry weight, plant and first pod high, leaf area index (LAI) and crop growth rate (CGR) as affected by plant density, cultivars and sowing time. The experimental design used was the completely randomized blocks with four replications and the treatments were arranged in a factorial of 3 sowing dates x two cultivars x 5 sowing densities. The results were compared through F test and densities, and planting dates were compared by regression analysis. The variance analysis showed significant interactions of all parameters analyzed for the three locations tests. Higher grain yelds were obtained when soybean was sowed in October. The soybean cultivars may be cultivated under different plant densities on different sowing dates…(Complete abstract, click electronic access below)

Descrição

Idioma

Português

Como citar

KANTHACK, Ricardo Augusto Dias. Épocas e densidades de semeadura para os cultivares IAC 18 e IAC 22 de soja Glycine max (L.) Merril na região Sudoeste do Estado de São Paulo. 2002. ix, 142 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Agronômicas, 2002.

Itens relacionados

Financiadores