Associação entre o diagnóstico adaptativo, indicadores de evolução clínica e o teste de relações objetais em pacientes com infecção pelo HIV-1, doentes ou não

Imagem de Miniatura

Data

2003

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Foram avaliados no Ambulatório Especial da Área de Doenças Tropicais, do Departamento de Doenças Tropicais e Diagnóstico por Imagem, da Faculdade de Medicina de Botucatu, UNESP, 31 indivíduos, sendo 14 homens e 17 mulheres, com infecção pelo HIV-1, doentes ou não. Dezesseis pacientes realizaram duas avaliações psicológicas em momentos distintos. Para a avaliação psicológica foram utilizados o Teste de Relações Objetais de Phillipson, a Escala Diagnóstica Adaptativa Operacionalizada, sendo isolados os fatores internos e externos, positivos e negativos: qualidade do relacionamento familiar na infância, depressão, irritabilidade, impulsividade, fanatismo religioso, gravidez e/ou sexualidade precoce, predomínio do funcionamento psicótico da mente, ideação suicida e consumo abusivo de drogas ilícitas. A avaliação epidemiológica levou em consideração: opção sexual, escolaridade, estado civil, religião, profissão, residir sozinho ou com outras pessoas, forma de aquisição da infecção pelo HIV, existência de cônjuges e filhos com infecção pelo HIV e local de residência. Na avaliação clínico-laboratorial considerou-se: a carga viral plasmática, a contagem de linfócitos T CD4 + e CD8 +, o número de internações, ter desenvolvido ou não sintomas compatíveis com aids, ter apresentado doenças neurológicas, adesão e tipo de medicação ARV, tempo de diagnóstico da infecção pelo HIV, fase da vida (adolescência ou adulta) no momento em que adquiriu a infecção pelo HIV. Observou-se que 90,32% estavam em idade produtiva e uma parte significativa da amostra, 29,03%, contraiu a infecção pelo HIV na adolescência, sendo a quase totalidade por via sexual, em muitas vezes acompanhada por uma gravidez e/ou paternidade não desejada. Após adquirir a infecção alguns indivíduos tornaram-se usuários ou...
They were appraised in the Special National health clinic of the Area of Tropical Diseases, of the Department of Tropical Diseases and Diagnosis for Image, of the Ability of Medicine of Botucatu, UNESP, 31 individuals, being 14 men and 17 women, with infection for the HIV-1, sick or not. Sixteen patients accomplished two psychological evaluations in different moments. For the psychological evaluation they were used the Test of Relationships you Object of Phillipson and Adaptive Operational Diagnostic Scale, being isolated the internal and external, positive and negative factors: quality of the family relationship in the childhood, depression, irritability, impulsivity, religious fanaticism, pregnancy and/or precocious sexuality, prevalence of the mind’s psychotic operation, suicidal idealization and abusive consumption of illicit drugs. The epidemic evaluation took in consideration: sexual option, qualifications, marital status, religion, occupation, to live alone or with other people, form as he/she has acquisition the infection for HIV, spouses existence and children with infection for HIV and local of residence. The clinical evaluation has considered: the plasmatic viral load, the counting for linfocytes T CD4+ and CD8+, the number of internments, to have developed or not compatible symptoms with aids, to have presented neurological diseases, adhesion and medication type ARV, time of diagnosis of the infection for HIV, phase of the life (adolescence or adult) in the moment in that acquired the infection for HIV. It was observed that 90,32% were in productive age and a significant part of the sample, 29,03%, it contracted the infection for HIV in the adolescence, being almost the totality for sexual road, in many times accompanied by a pregnancy and/or not wanted paternity. After acquiring the infection some individuals they became users... (Complete abstract, click electronic address below)

Descrição

Palavras-chave

Infecções pelo HIV - Diagnóstico, Infecções pelo HIV - Aspectos psicológicos, AIDS (Doença) - Aspectos psicológicos

Como citar

SILVA FILHO, Nelson. Associação entre o diagnóstico adaptativo, indicadores de evolução clínica e o teste de relações objetais em pacientes com infecção pelo HIV-1, doentes ou não. 2003. 182 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Medicina de Botucatu, 2003.