Obtenção de nanocerâmica de alumina tenacificada com zircônia e dopada com óxido de magnésio para uso em Odontologia

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2022-03-31

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Diversos são os materiais cerâmicos utilizados em Odontologia tanto para prótese quando para implantes, o principal material cerâmico utilizado é a zircônia tetragonal policristalina. Contudo, na presença de líquido (fluído corporal) apresenta uma transição da fase cristalina tetragonal para monoclínica, com isso ocorre uma expansão de volume de 4-5%, gerando microtrincas que com o processo de carregamento poderá acarretar na fratura da peça. Portanto, novos materiais devem surgir com o objetivo de aumentar a tenacificação à fratura, redução de custos de obtenção e minimizar o efeito da degradação na presença de líquido. O uso de nanocerâmicas pode ser uma alternativa tecnológica aos processos hoje utilizados, podendo ser uma rota de obtenção de materiais para uso em Odontologia. O projeto visa sintetizar uma nanocerâmica composta de alumina tenacificada com zircônia e dopada com óxido de magnésio e estudar as propriedades mecânicas dessa nanocerâmica, e estudar o efeito sobre a degradação da zircônia. Para caracterizar este biomaterial será realizado os seguintes ensaios: a) módulo de ruptura em flexão em 4 pontos, b) determinação da tenacidade à fratura, c) difratometria de raios x e d) microscopia eletrônica de varredura. Para analisar os resultados será utilizado o módulo de Weibull (m) que indicará o nível de confiabilidade do material. Os resultados experimentais vão demonstrar o comportamento mecânico da nanocerâmica, indicando o seu potencial uso em Odontologia, seja como implante ou como prótese.
There are several ceramic materials used in dentistry for both prosthesis and implants, the main ceramic material used is polycrystalline tetragonal zirconia. However, in the presence of liquid (body fluid) it presents a transition from the crystalline phase to a monoclinic expansion of 4-5%, generating microcracks that, with the loading process, can change the volume of the loading part. Therefore, new materials must emerge with the objective of increasing fracture toughness, reducing procurement costs and minimizing the effect of degradation in the presence of liquid. The use of nanoceramics can be a technological alternative to the processes used today, and can be a route to obtain materials for use in Dentistry. The project aims to synthesize a nanoceramic composed of alumina tenacified with zirconia and doped with magnesium oxide and to study the mechanical properties of this nanoceramic, and to study the effect on the degradation of zirconia. To characterize this biomaterial, the following tests will be carried out: a) modulus of rupture in bending at 4 points, b) determination of fracture toughness, c) x-ray diffractometry and d) scanning electron microscopy. To analyze the results, the Weibull module (m) will be used, which will indicate the level of reliability of the material. The experimental results will demonstrate the mechanical behavior of nanoceramics, indicating its potential use in dentistry, either as an implant or as a prosthesis.

Descrição

Palavras-chave

Óxido de Alumínio, Testes mecânicos, Cerâmica, Aluminum Oxide, Mechanical tests, Ceramics

Como citar