Carcinoma de células escamosas em assoalho vaginal de um bovino nelore associado a metástase em pulmão: relato de caso

Nenhuma Miniatura disponível

Data

2012

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso restrito

Resumo

Resumo (inglês)

The squamous cell carcinoma (SCC) is a neoplasm that affect pets and production animals and it’s very common in tropical countries like Brazil; develops in sparsely pigmented, stratified squamous epithelium and in mucosal surfaces exposed Ultraviolet action. The SCC is quite infiltrative but rarely causes metastases. Its occurrence in the female reproductive tract is recognized in the literature on cattle breeds from Europe. This case was a female bovine, Nelore, adult, who was referred to the "Hospital Veterinário Luiz Quintiliano de Oliveira" with dark brown fluid leakage and putrid odor, associated with ulcerative growth of the vagina. Because the extent of injury, the animal was euthanized and taken to the necropsy, which was observed on board structure, ulcerated and pus in the vaginal floor, infiltrated into the pelvic cavity to the serosa of the uterine body. The microscopic findings were detected neoplastic proliferation of epithelial cells in the floor and vaginal metastases in the lung parenchyma, and classified the primary tumor and metastasis as squamous cell carcinoma moderately differentiated.

Resumo (português)

O carcinoma de células escamosas (CCE) é uma neoplasia quem vem acometendo animais de companhia e de produção, muito comum em países de clima tropical, como no Brasil, pois se desenvolve em áreas pouco pigmentadas, no epitélio escamoso estratificado e em superfícies mucosas expostas a ação ultravioleta. O CCE é bastante infiltrativo, porém raramente ocasiona metástases. Sua ocorrência no aparelho reprodutor feminino é reconhecida pela literatura em bovinos de raças originárias da Europa. O presente caso trata de uma fêmea bovina, da raça nelore, adulta, que foi encaminhada ao “Hospital Veterinário Luiz Quintiliano de Oliveira”, com extravasamento de líquido castanho escuro de odor pútrido, associado a crescimento ulcerativo da vagina. Devido a extensão da lesão, o animal foi eutanasiado e encaminhado ao exame necroscópico, onde observou-se estrutura em placa, ulcerada e exsudativa no assoalho vaginal, infiltrada na cavidade pélvica até a serosa do corpo uterino. Os achados microscópicos detectaram proliferação neoplásica de células epiteliais no assoalho vaginal e metástases no parênquima pulmonar, sendo classificado o tumor primário e a metástase como carcinoma de células escamosas moderadamente diferenciado.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Revista Científica Eletrônica de Medicina Veterinária, v. 9, n. 18, p. 1-7, 2012.

Itens relacionados

Financiadores