Efeito do déficit hídrico na efiCiência de herbicidas e nas características bioquímicas de Ipomoea grandifolia

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2012-03-01

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

O objetivo deste estudo foi avaliar a eficácia dos herbicidas inibidores da ALS e PROTOX no controle de Ipomoea grandifolia sob dois níveis de déficit hídrico, bem como determinar a influência desse déficit hídrico sobre o conteúdo de carboidratos solúveis, proteínas totais e aminoácidos livres da planta daninha. O trabalho foi conduzido em casa de vegetação, no delineamento experimental inteiramente casualizado, com os tratamentos dispostos em esquema fatorial 4 x 2, sendo quatro herbicidas (fomesafen, lactofen, chlorimuron-ethyl e imazethapyr) e dois níveis de déficit hídrico (com e sem déficit: -0,5 MPa e -0,01 MPa, respectivamente). Aos 7, 14, 21 e 28 dias após a aplicação, o controle foi avaliado de forma visual, e a determinação dos solutos orgânicos foi feita 24, 48, 72 e 96 horas após a aplicação dos herbicidas. À exceção de chlorimuron-ethyl, os demais herbicidas controlaram eficientemente I. grandifolia. A eficiência de controle dos herbicidas foi afetada pela condição de déficit hídrico. Os herbicidas elevaram o conteúdo de carboidratos solúveis, independentemente da condição hídrica, e proporcionaram redução de proteínas solúveis nas plantas de I. grandifolia, bem como aumentaram as concentrações de aminoácidos livres.

Resumo (inglês)

The objective of this work was to evaluate the efficacy of ALS and PROTOX inhibiting herbicides in the control of Ipomoea grandifolia under two levels of water deficit, as well as to determine the influence of drought on the content of the soluble carbohydrates, protein and free amino acids of the weed. The study was conducted in a greenhouse in a completely randomized design with treatments in a factorial scheme 4 x 2, with four herbicides (fomesafen, lactofen, chlorimuron-ethyl and imazethapyr), and two levels of water deficit (with and without deficit, - 0.5 MPa and -0.01 MPa, respectively). At 7, 14, 21, and 28 days after application, the control was evaluated visually and organic solutes were determined 24, 48, 72 and 96 hours after herbicide application. Except for chlorimuron-ethyl, the herbicides effectively controlled I. grandifolia. The control efficiency of the herbicides was affected by the water deficit condition. The herbicides increased the soluble carbohydrate content, regardless of the water status and reduced the soluble proteins in the I. grandifolia plants, also increasing the concentrations of free amino acids

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Planta Daninha. Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas , v. 30, n. 1, p. 185-191, 2012.

Itens relacionados

Financiadores