Reação histopatológica do tecido conjuntivo do dorso de ratos irradiado com laser de CO2 ou de Er:YAG

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2004-04-13

Autores

Rodríguez Sosa, Sonia Amalia [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

O presente estudo avaliou a reação do tecido conjuntivo irradiado com os lasers de CO2 e de Er:YAG em feridas confeccionadas no dorso de ratos. Foram confeccionadas 2 feridas no dorso de 30 ratos com um punch de 3mm de diâmetro. Os animais foram divididos em três grupos de 10: no Grupo I as feridas foram irradiadas com o laser de CO2, l 10,6 mm, (1,5 W -50 Hz); no Grupo II as feridas foram irradiadas com o laser de Er:YAG, l 2,94 mm (300 mJ -10 Hz), tempo de irradiação de 23 segundos em ambos os grupos; e no grupo III as feridas não foram submetidas à irradiação. Após o ato operatório, todas as feridas foram forradas com MTA. Os animais foram mortos em períodos de 1 dia e 7 dias e as peças removidas, processadas, coradas com hematoxilina / eosina e analisadas no microscópio óptico. Aos 7 dias, no grupo do Er:YAG foi observada a presença de tecido de granulação, porém no grupo do CO2 ainda houve uma severa reação inflamatória com áreas de necrose tecidual. No grupo controle não houve inflamação aos 7 dias na maioria dos casos. Conclusão: os resultados obtidos no presente estudo nos permitem afirmar que o tecido conjuntivo reagiu de forma mais favorável à irradiação laser de Er:YAG do que à irradiação do laser de CO2, independentemente do tempo pós-operatório.
The present study assesed the connective tissue reaction after irradiation with CO2 and Er:YAG lasers in in the back of rats. Two wounds were practiced in the back of tirthy rats with a 3mm diameter punch. The animals were divided into three groups of ten specimens each: In Group I the wounds were irradiated with a CO2 laser, l 10,6mm, (1,5 W -50 Hz) ; In Group II the wounds were irradiated with a Er:YAG laser, l 2,94m, (300 mJ -10 Hz), in both groups the irradiation time was of 23 seconds; Group III received no irradiation. After the intervention, all wounds were covered with MTA. The specimens were killed after intervals of 1 to 7 days and samples collected, proccesed and stained with hematoxilin/eosin, and analized under the ligth microscope. At seven days period the Er:YAG group exhibited granulation tissue proliferation, while in the CO2 group a severe inflamatory reaction persisted with areas of necrosis. In the control group there was no inflamation in most of the cases after 7 days period. Conclusions: The results yielded by the present study lead us to assure that the reaction of the connective tissue was most favorable to irradiation with Er:YAG laser than with CO2 laser, regardless the time elapsed after the intervention.

Descrição

Palavras-chave

Lasers, Tecido conjuntivo, Dioxido de carbono, Lasers, Connective tissue, Carbon dioxide

Como citar

RODRÍGUEZ SOSA, Sonia Amalia. Reação histopatológica do tecido conjuntivo do dorso de ratos irradiado com laser de CO2 ou de Er:YAG. 2004. 98 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Odontologia de Araraquara, 2004.