Resistência de união, índice de remanescente adesivo e avaliação da presença de esmalte sobre a base de braquetes após descolagem: estudo in vitro

Imagem de Miniatura

Data

2014-01-31

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Este estudo in vitro avaliou a resistência de união e índice de remanescente adesivo (IRA) de um braquete modificado colado com cimento resinoso auto-adesivo, e verificou a presença de substrato de esmalte na base do braquete após a descolagem. Foram selecionados noventa dentes bovinos e distribuidos aleatoriamente (n=15) de acordo com os grupos: G1 – Braquetes metálicos colados com Transbond™ XT; G2 – Braquetes metálicos do sistema APC colados sem procedimento adesivo adicional; G3 - Braquetes metálicos do sistema APC colados com sistema adesivo auto-condicionante; G4 - Braquetes metálicos colados com RelyX U200; G5 – Braquetes modificados (alteração na base do braquete Victory™) colados com Transbond™ XT; G6 - Braquetes modificados colados com RelyX U200. Foi realizado ensaio de resistência ao cisalhamento dos braquetes e após a remoção dos mesmos, o IRA foi observado em lupa estereoscópica (30x) (Carl Zeiss, Brasil) e as bases dos braquetes foram verificadas quanto a presença de resíduos de esmalte dental (Ca) por meio de EDS. Os resultados mostraram que o maior valor médio de resistência ao cisalhamento foi encontrado no grupo 1 (14,33 MPa) e o menor valor médio de resistência ao cisalhamento foi no grupo 4 (2,36 MPa). O IRA foi avaliado e os grupos que utilizaram o ácido fosfórico ou primer autocondicionante (grupos 1, 2, 3 e 5) apresentaram adesivo parcialmente e totalmente aderido ao dente. Quanto ao remanescente adesivo na base do braquete, o EDS identificou substratos de esmalte nos grupos 1 e 3 enquanto nos outros grupos verificou-se apenas remanescente adesivo sobre a base do braquete. Os resultados mostraram que os valores médio de resistência ao cisalhamento encontrados nos grupos de base modificada foram suficientes para suportar o tratamento ortodôntico. Após análise por EDS, concluiu-se que os braquetes modificados mostraram-se livres de fragmentos de esmalte, o que sugere a possível...
This study evaluated the bond strength of an experimental bracket bonded with selfadhesive resin cement, assessed the presence of enamel substrate on the bracket base after debonding and reviewed the possible methods to remove the remnant of enamel surface. Ninety bovine teeth were selected; the roots were sectioned and embedded in acrylic resin. The teeth were randomly assigned (n=15) according to the groups: G1 - metal brackets (Victory™) bonded with total etch adhesive system (Transbond™ XT), G2 - metal brackets APC (APC Plus System) without additional adhesive procedure; G3 - metal brackets APC (APC Plus system) bonded with selfetching adhesive system; G4 - metal brackets (Victory™) bonded with self-adhesive resin cement (RelyX U100); G5 - experimental brackets (modified on the Victory™ bracket basis) bonded with total etch adhesive system (Transbond™ XT); G6 - experimental brackets (modified on the Victory™ bracket basis) bonded with selfadhesive resin cement (RelyX U100) . Shear strength test of brackets was performed and after removal of the brackets, the adhesive remnant index (ARI) was observed in a stereomicroscope (30x) (Carl Zeiss, Brazil) and the bases of brackets were checked for the presence of enamel residues (Ca) by EDS . The results showed that the highest average value of shear strength was found in group 1 (14.33 MPa) and lower mean shear strength was in group 4 (2.36 MPa). Of the remaining adhesive on the bracket base EDS identified enamel substrates in groups 1 and 3, while the other groups there was only remaining adhesive on the bracket base. Therefore the experimental brackets are possible to be used in the future for orthodontics for showing lower risk of damage to the enamel.

Descrição

Palavras-chave

Braquetes Ortodônticos, Cimentos dentarios, Resistência ao cisalhamento, Dental Cements

Como citar

TONETTO, Mateus Rodrigues. Resistência de união, índice de remanescente adesivo e avaliação da presença de esmalte sobre a base de braquetes após descolagem: estudo in vitro. 2014. 77 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho, Faculdade de Odontologia de Araraquara, 2014.