Percepção da imagem corporal em mulheres com depressão

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2008-12-18

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Nas sociedades atuais, a importância da imagem corporal está diretamente relacionada a transtornos alimentares e sua distorção interfere na auto estima, promovendo adoecimento psíquico, na maioria das vezes associada à depressão, quando há obsessão pela magreza, estimulada pela mídia, pelas relações sociais e pela família. A obesidade é um aspecto da imagem corporal de grande importância para pacientes com depressão. Interfere na auto-estima e na manutenção do tratamento farmacológico que pode causar ganho de peso. O presente trabalho teve como objetivo contribuir com as pesquisas sobre imagem corporal, verificando se a percepção da imagem corporal de mulheres com depressão fazendo uso de antidepressivos apresenta alteração/distorção, verificando se as participantes estão satisfeitas com a imagem corporal, avaliando o percentual de obesos/sobrepeso, verificar hábitos de vida que contribuem para o aumento de peso, comparar com pessoas que não fazem uso de antidepressivos. Participaram do estudo trinta mulheres de 21 a 53 anos em tratamento com antidepressivos em CAPs III (Centro de Atenção Psicossocial) e trinta mulheres de 21 a 60 anos que não realizam tratamento, funcionárias de um CAIS (Centro de Atenção Integral à Saúde) de uma cidade do interior de São Paulo. As participantes responderam uma entrevista da caracterização da amostra e hábitos de vida em relação à prática de atividade física, controle alimentar e mudanças corporais. Responderam um questionário de forma corporal (BSQ) que apresenta 34 questões autoaplicáveis. Preencheram uma escala de figuras (FRS) que apresenta nove figuras de imagens corporais (1 baixo peso; 2-5 euforia; 6-7 sobrepeso; 8-9 obesidade) e solicita que participante escolha uma figura que acredita representar a si mesma (EU) e uma figura que representa o que gostaria de ser (IDEAL). Os relatos das entrevistas...
In the present societies the importance of body image is directly relationed to eating disorders and their distortion interferes on self-esteem, promoting psychological illness, in most cases associated to depression, when there is obsession with thinness, stimulated by mass media, social relations and family. The obesity is an aspect of body image that is very important to patients with depression. It interferes on self-esteem and on the maintenance of pharmacological treatment, which may cause gain of weight. The present study aimed to contribute with researches about body image, to verify if the body image perception presents distortion, to verify if the participants are satisfied with their body image, to evaluate women in depression treatment to verify the percentage of odese/overweight people, and to verify life habits which contribute to weight gaining. Thirty women from 21 to 53 years old in treatment with antidepressives at CAPs III (Social-Psychological Attention Center) and thirty women from 21 to 60 years old who are not in treatment and work at CAIS (Center of Whole Health Attention) participated in the study in a country city from São Paulo State. The participants answered an interview to characteriza the sample and to define life habits in relation to the practice of physical activities, eating control and body changes. They answered a questionnaire about shape (BSQ) which presents 34 self-administered questions. They fulfilled a figure scale (FRS) that presents nine figures of body images (1 - low weight; 2-5 eutrophia; 6-7 overweight; 8-9 obesity) and asks the participant to choose one figure that she believes that represents herself (SELF) and one figure that represents what she would like to be (IDEAL). The interview reports presented by the participants showed that there is a tendency of not practicing physical activities and spending most of the time on diets, concerning ...(Complete abstract click electronic access below)

Descrição

Palavras-chave

Percepção, Imagem corporal, Pessoas depressivas, Depressão, Perception, Body image, Depression, Women

Como citar

SILVA, Gislaine Lima da. Percepção da imagem corporal em mulheres com depressão. 2008. xxi, 88 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências, 2008.