Avaliação da via aérea do paciente obeso para predição da dificuldade de intubação traqueal: efeito da manipulação laríngea

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2009-02-05

Orientador

Ganem, Eliana Marisa

Coorientador

Pós-graduação

Anestesiologia - FMB

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Dissertação de mestrado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

A dificuldade na intubação traqueal é causa de mortalidade em anestesiologia e pode estar relacionada à obesidade. Reconhecer o paciente com intubação difícil contribui para o sucesso da abordagem da via aérea, contudo os parâmetros preditores de intubação difícil não estão bem estabelecidos. A classificação de Mallampati, a distância interincisivos, a circunferência do pescoço, a distância tireomentoniana, a conformação da face e a presença da síndrome da apnéia obstrutiva do sono são parâmetros que podem indicar a intubação difícil. A manobra de BURP tem por objetivo melhorar a visualização da via aérea durante a laringoscopia e variações da mesma também podem ser efetivas. Assim, o objetivo desta pesquisa foi correlacionar os parâmetros acima descritos com a dificuldade de intubação traqueal observada durante a laringoscopia, avaliada por meio da escala de Cormack e Lehane (ECL), sem e com manipulação de laringe (variação da manobra de BURP). Cento e trinta e quatro pacientes de ambos os sexos, foram avaliados no período pré-operatório, quanto ao índice massa corpórea, a classificação de Mallampati, a circunferência do pescoço, a distância interincisivos, a distância tireomentoniana e o grau da síndrome da apnéia obstrutiva do sono. Após a monitorização, o posicionamento adequado e a indução anestésica os pacientes foram submetidos à laringoscopia direta, sendo avaliado o grau da escala de Cormack e Lehane. Nos pacientes com graus superiores a um, realizou-se a manipulação da laringe, reavaliando-se o grau da mesma. A manobra de manipulação da laringe é variação da de BURP e consiste no deslocamento da laringe pelo anestesiologista que esta Introdução e Objetivo 9 realizando a laringoscopia, sem um direcionamento pré-estabelecido. Foram registrados os graus da...

Resumo (inglês)

The difficulty in tracheal intubation is a cause of mortality in anesthesiology and can be associated with obesity. To be able to recognize a patient of difficult intubation may add to the success of the airway approach; however, parameters used to predict difficult intubations are not well established. Mallampati’s classification, the distance between incisive teeth, neck circumference, thyroid-chin distance, facial shape and the presence of sleep apnea syndrome are parameters that can point towards a challenging intubation. BURP’s maneuver aims at improving airway visualization during laryngoscopy and its variations may also be effective. Thus, the goal of the present study is to correlate the aforementioned parameters with the difficulties associated with tracheal intubation observed during laryngoscopy, evaluated by means of Cormack and Lehane’s scale, with and without laryngeal handling (BURP’s maneuver variation). One hundred and thirty four patients from both genders were assessed in the pre-operative time as to body mass index, Mallampati’s classification, neck circumference, distance between incisive teeth, thyroid-chin distance and the level of obstructive sleep apnea. After monitoring, proper positioning and anesthetic induction, the patients were submitted to direct laryngoscopy, and we assessed their classification according to Cormack and Lehane’s scale. In those patients classified above level one, we manipulated their larynx and reassessed their classification. Laryngeal manipulation maneuver is a variation of BURP’s maneuver and is based on laryngeal shifting by the anesthesiologist who is doing the laryngoscopy, with no pre-established direction. We recorded the patient’s classifications according to Introdução e Objetivo 11 Cormack and Lehane’s scale ...(Complete abstract click electronic access below)

Descrição

Idioma

Português

Como citar

CERQUEIRA, Bruno Gardélio Pedreira de. Avaliação da via aérea do paciente obeso para predição da dificuldade de intubação traqueal: efeito da manipulação laríngea. 2009. 90 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Medicina de Botucatu, 2009.

Itens relacionados