Diagnóstico microbiológico e molecular de Campylobacter spp., Salmonella spp. e Escherichia coli em carcaças de frango

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2016-06-30

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

As doenças de transmissão alimentar (DTA) por bactérias constituem um problema de saúde pública no mundo. O objetivo do trabalho foi identificar por métodos microbiológicos e moleculares a presença de Campylobacter spp., Salmonella spp. e Escherichia coli em frangos de Botucatu-SP, Brasil. Sessenta (60) amostras de frangos resfriados de diferentes marcas foram coletadas aleatoriamente em diferentes estabelecimentos localizados tanto na periferia, quanto no centro da cidade de Botucatu, SP, no período de julho a outubro de 2015. Posteriormente, Campylobacter spp, Salmonella spp e E. coli foram isolados através de métodos microbiológicos convencionais. A confirmação das bactérias isoladas se realizou por provas bioquímicas e PCR. Além disso, as provas para determinar a resistência antimicrobiana e a existência de gene integron classe 1 foram realizadas. Os resultados demostraram a presença de três das principais bactérias que causam doenças de origem alimentar em carcaças de frango provenientes de supermercados e casas de carne de Botucatu. A prevalência de Campylobacter, Salmonella, e E. coli foi 38,3%, 13,3% e 60%, respectivamente. A resistência antimicrobiana dos isolados foi elevada e presença do gene íntegron classe 1 foi identificada em alguns agentes patogénicos.
The transmission of Foodborne Diseases (FBD) by bacteria constitutes a public health problem in the world. The objective of this study was to identify by microbiological and molecular methods the presence of Campylobacter spp., Salmonella spp. and Escherichia coli in broiler chickens at Botucatu, SP, Brazil. Sixty samples of chilled chickens of different brands were randomly collected from supermarkets and meat houses located in both the periphery and the center of the city, in the period from July to October 2015. Later, Campylobacter spp., Salmonella spp., and E. coli were isolated by conventional microbiological methods. Confirmation of the isolated bacteria was performed by biochemical and PCR tests. In addition, proofs to determine antimicrobial resistance and the existence of class 1 integron gene were carried out. Results confirmed the presence of the three assessed bacteria in poultry carcasses from selected establishments. The prevalence was 38.3%, 13.3% and 60% to Campylobacter, Salmonella and E. coli, respectively. Antimicrobial resistance of the isolates was high and the presence of integron class 1 gene has been identified in some pathogens.

Descrição

Palavras-chave

Doenças de transmissão alimentar, Enteropatógenos, Resistência ao antimicrobiano, Integron, Frango, Foodborne diseases, Enteropathogen, Antimicrobial resistance, Chicken

Como citar