A dinâmica das interações em sala de aula e a construção do conhecimento científico

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2011-05-30

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

O presente estudo, vinculado à linha de pesquisa “Práticas Educativas e Formação de Professores” do Programa de Pós-Graduação em Educação, teve por objetivo investigar as interações verbais entre professor e alunos, nas aulas de Física. A partir do objeto de estudo, buscamos evidências de como essas interações podem contribuir para a construção do conhecimento científico dos alunos, e apresentar elementos que visem à percepção, pelo professor, das interações que vivencia em sala de aula e sua relevância no processo de ensino-aprendizagem. Partimos das teorias de Vygotsky (1989; 2007), que tratam da linguagem e da formação do pensamento, convergindo com os estudos de Bakhtin (1992; 2004) que tratam da interação verbal como uma interação social entre os indivíduos. Também, nos baseamos nos trabalhos de Mortimer e seus colaboradores (1997, 2002, 2007 e 2010) que discutem temas ligados à interação verbal em aulas de ciências e as metodologias para análise dessas interações. Com relação ao trabalho docente nos fundamentamos em Tardif (2002) e Roldão (2007). Além disso, discutimos as competências, saberes e práticas, baseados nos trabalhos de Pimenta (1999, 2002), Shulmann (1986) e Perrenoud (1999). Para tratar o Ensino de Física buscamos as Orientações Curriculares para o Ensino Médio (2006), a Proposta Curricular do Estado de São Paulo (Física, 2008) e alguns estudiosos da área (ROBILOTTA; BABICHAK, 1997; NARDI, 1998; MENEZES, 2008). Optamos por uma pesquisa de abordagem qualitativa, em que os dados foram obtidos a partir de observações e gravações em áudio das aulas de Física de um professor com uma turma do segundo ano do Ensino Médio, de uma escola localizada em uma cidade do interior de São Paulo...
This study, linked to the research line Educational Practices and Teacher Education from the Postgraduate Education Program, aims to investigate the verbal interactions between teacher and students in physics classes. From the object of study, we sought evidences of how these interactions may contribute to the construction of scientific knowledge of students and to introduce elements that aim to perception, by the teacher, his classroom experience and its relevance in the teaching and student learning. We started from the theories of Vygotsky (1989, 2007), dealing with language and thought formation, converging with the studies of Bakhtin (1992, 2004) dealing with the verbal interaction as a social interaction between individuals. We were based on the work of Mortimer and his collaborators (1997, 2002, 2007 and 2010) who discuss topics related to verbal interaction in science classes and methodologies for analysis of these interactions. With regard to the docent work in Tardif (2002) and Roldão (2007). Moreover, we discussed the skills, knowledge and practices, based on the work of Pimenta(1999, 2002), Shulmann (1986) and Perrenoud (1999). To treat the Physics teaching we sought the Curriculum Guidance for Secondary School (2006), the Curriculum Proposal of the State of São Paulo (Physics, 2008) and some studious (ROBILOTTA; BABICHAK, 1997; NARDI, 1998; MENEZES, 2008). We chose a research of qualitative approach, in which the data was gotten from observations and audio recordings of physics classes of a teacher with the second year of secondary school group, in a school located in a countryside city of São Paulo ... (Complete abstract click electronic accesss below)

Descrição

Palavras-chave

Educação, Física - Estudo e ensino, Construção de conhecimentos, Interação verbal, Verbal interaction, Teaching of physics, Building Knowledge

Como citar

SOCHA, Rosana Ramos. A dinâmica das interações em sala de aula e a construção do conhecimento científico. 2011. 133 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Tecnologia, 2011.