Ética em jogo: uma aliança entre filosofia e role-playing games

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2020-03-04

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Esta pesquisa, centrada no ensino de filosofia no Ensino Médio, investiga a problemática das restrições do ensino e aprendizagem da ética, bem como a forma tradicional com que o tema é abordado no Ensino Médio e tem como objetivo propor uma sugestão de ensino de filosofia através do RPG, resgatando assim o lúdico no Ensino Médio, após esclarecer como aspectos macroestruturais, como o neoliberalismo, configuram a educação. Então, se justifica por viabilizar formas amparadas no jogo como proposta para o desenvolvimento de aprendizagem dos conceitos, empoderando os sujeitos para práticas sociais de transformação social. Trata-se de uma pesquisa com abordagem qualitativa, com utilização de pesquisa bibliográfica e documental sobre as temáticas: jogo, educação, neoliberalismo, filosofia e ética. A hipótese é de que o ensino de ética como componente da filosofia no Ensino Médio, carece de estratégias capazes de facilitar o entendimento das teorias e dos autores que constituem a história da filosofia em relação a este tema. Temos como conjectura, inclusive, que a problemática decorre do alinhamento entre políticas públicas do Estado de São Paulo com políticas econômicas neoliberais que ocasionam precariedade para a escola pública em geral. Portanto, espera-se alcançar a construção ética por meio do jogo, pois a ética é uma temática pouco abordada diretamente nas disciplinas oferecidas no Ensino Médio, mas de extrema necessidade, neste nível de ensino. Com as pesquisas já realizadas, concluímos que o jogo, na escola, tem potencial para uma educação transformadora quando proporciona o pensamento ético, crítico, emancipatório e político.
This research, centered on the teaching of philosophy in high school, investigates the issue of restrictions on teaching and learning ethics, as well as the traditional way in which the topic is addressed in high school and aims to propose a suggestion of teaching philosophy through of RPG, thus rescuing playfulness in high school, after clarifying how macro-structural aspects, such as neoliberalism, configure education. So, it is justified by enabling forms supported by the game as a proposal for the development of learning concepts, empowering the subjects for social practices of social transformation. This is a research with a qualitative approach, using bibliographic and documentary research on the themes: game, education, neoliberalism, philosophy and ethics. The hypothesis is that the teaching of ethics as a component of philosophy in high school, lacks strategies capable of facilitating the understanding of the theories and authors that constitute the history of philosophy in relation to this theme. We also have the conjecture that the problem arises from the alignment between public policies in the State of São Paulo with neoliberal economic policies that cause precariousness for the public school in general. Therefore, it is expected to achieve ethical construction through the game, because ethics is a theme that is not directly addressed in the subjects offered in high school, but of extreme need, at this level of education. With the research already carried out, we concluded that the game, at school, has the potential for a transformative education when it provides ethical, critical, emancipatory and political thinking.

Descrição

Palavras-chave

Educação, Filosofia, Ética, Jogo, Neoliberalismo, Education, Philosophy, Ethic, Game, Neoliberalism

Como citar