Impacto da mosca-dos-chifres (Haematobia irritans) na pecuária leiteira: revisão bibliográfica

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2023-06-07

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

IMPACTO DA MOSCA-DOS-CHIFRES (HAEMATOBIA IRRITANS) NA PECUÁRIA LEITEIRA: REVISÃO BIBLIOGRÁFICA A mosca-dos-chifres, conhecida cientificamente como Haematobia irritans, é originária da Europa e chegou ao Brasil por meio da importação de gado. Atualmente, é considerada a mosca mais impactante na pecuária do país. Essas moscas se concentram em regiões estratégicas do animal, evitando a cabeça e a cauda, o que dificulta a expulsão pelos bovinos. Elas têm preferência pelas regiões dorso-lombar, cupim, abdômen e pernas, além de serem mais atraídas por bovinos taurinos, de pelagem escura e machos inteiros. As moscas permanecem no animal praticamente o tempo todo, picando-o de 15 a 40 vezes por dia. Embora pequenas, suas picadas são dolorosas e podem causar perda considerável de sangue em infestações intensas, levando a quadros de anemia. A irritação causada interfere na alimentação e digestão dos animais, resultando em queda na produção e prejuízos financeiros para os produtores. Portanto, é importante que os produtores de gado leiteiro no Brasil estejam atentos ao controle dessa praga para garantir a produtividade dos rebanhos. Palavras-chave: Custo de produção. Haematobia irritans. Irritação. Produção de leite. Vaca leiteira.
IMPACT OF THE HORN FLY ON THE DAIRY LIVESTOCK: BIBLIOGRAPHIC REVIEW The horn fly, scientifically known as Haematobia irritans, is a fly native to Europe that reached Brazil through the importation of cattle from other countries. It is currently the most impactful fly in the national livestock industry. When infesting cattle, the horn fly concentrates in strategic regions, avoiding the head and tail areas, making it difficult for the bovine to ward off the fly. In addition to its preference for the dorsolumbar, hump, abdomen, and legs regions, the horn fly has a predisposition for taurine cattle, animals with dark-colored fur, and intact males. Bulls are particularly affected due to their higher sweat gland activity and testosterone levels. The main problem with the horn fly is that it remains on the animal virtually 24 hours a day, biting the animals 15 to 40 times during its presence. Despite being a very small fly, its bite is highly painful and has exploitative characteristics, resulting in considerable blood loss during heavy infestations, which can lead to anemia. The irritation caused by the fly is significant and evident, affecting the feeding and digestion of infested cattle, leading to a decline in animal production and, consequently, profitability. This pest affects the productivity of dairy herds in Brazil, and producers must remain vigilant and keep the pest under control. Key words: Irritation. Haematobia irritans. Milk production. Milky cow. Production cost.

Descrição

Palavras-chave

Haematobia irritans, Moscas, Gado leiteiro, Estresse, Produção animal, Horn fly

Como citar