Gengivite Plasmocitária induzida por uso de pimenta

Nenhuma Miniatura disponível

Data

2011

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso restrito

Resumo

Resumo (inglês)

The aim of this case report is present a case in which the patient had plasma cell gingivitis induced by consumption of pepper. Patient A.M.S., male, 23 years, presented himself at the Clinic of Periodontology, complaining of severe pain, bleeding gums and tooth mobility. Interview was conducted not observing anything relevant. In oral evaluation, we observed in the anterior swollen gums, bleeding, suppuration and great touch, and tooth mobility. Being an aggressive framework in relation to patient age, we performed the following laboratory tests: complete blood count, blood sugar, and coagulation, and biopsy in the anterior inferior, because a diagnosis of lymphoma. At the end of antibiotic therapy, a significant improvement of clinical symptoms, pain relief, less swollen gums and reduce the suppuration and mobility. Laboratory tests showed no change. Fifteen days later, the patient returned with worsening of clinical status. The pathological diagnosis was plasma cell gingivitis and then performed a new history by placing greater emphasis on dietary habits, and the patient reported consumption of pepper in their meals, and relate this to clinical presentation. After elimination of pepper diet the patient showed remission of clinical data.

Resumo (português)

O objetivo desse estudo foi de apresentar um relato de caso em que o paciente apresentava gengivite plasmocitária induzida por consumo de pimenta. Paciente AMS, sexo masculino, 23 anos, apresentou-se na Clínica de Periodontia, queixando-se de dor intensa, sangramento gengival e mobilidade dental. Foi realizada anamnese não observando-se nada relevante. Na avaliação bucal, observou-se na região anterior gengival edemaciada, sangramento ao toque e grande supuração, além de mobilidade dental. Tratando-se de um quadro agressivo em relação à idade do paciente, foram realizados os seguintes exames complementares: hemograma completo, taxa de glicemia e coagulograma, bem como biópsia, na região anterior inferior, devido a suspeita diagnóstica de linfoma. Ao final da antibioticoterapia, houve melhora significativa do quadro clínico, alívio da dor, gengiva menos edemaciada e redução da supuração e mobilidade. Os exames laboratoriais não apresentaram nenhuma alteração; 15 dias após, o paciente retornou com piora do quadro clínico. O diagnóstico histopatológico foi de gengivite plasmocitária e, então, foi realizada nova anamnese dando maior importância aos hábitos alimentares, sendo que o paciente relatou consumo de pimenta em suas refeições, fato relacionado ao quadro clínico apresentado. Após a eliminação da pimenta da dieta, o paciente apresentou remissão dos dados clínicos.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Perionews, v. 5, n. 5, p. 535-538, 2011.

Itens relacionados

Financiadores