Estudo do padrão de assentamento do Sítio Arqueológico Jeriquara, município de Ituverava, SP

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2021-02-15

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Essa dissertação de mestrado visa contribuir para as pesquisas arqueológicas sobre ocupação de grupos agricultores ceramistas, associados a Tradição Aratu, na região nordeste do Estado de São Paulo. Sabendo dos limites interpretativos inerentes ao conceito de tradição arqueológica partiu-se dessa hipótese para investigar o padrão de assentamento da área do Sítio Arqueológico Jeriquara, Município de Ituverava SP. Os resultados da análise do meio físico e da cultura material foram desenvolvidos com o propósito de compreender os sistemas de assentamento estabelecido por Morais (1999/2000) sobre grupos indígenas que ocuparam a área ao longo do tempo, e a forma como esses grupos organizaram o espaço interno de suas áreas de habitação e de atividades. Utilizamo-nos da prática de investigações da cadeia-operatória de produção de artefatos líticos lascados e da interdisciplinaridade entre a Arqueologia e a Geografia, para desenvolvimento do método da Geoarqueologia. O recorte espacial para elaboração desse estudo partiu da escala local e regional, salientamos que trabalhar com escalas, nessa perspectiva, exige um estudo detalhado dos registros arqueológicos e do meio físico, a partir da construção de modelos sobre as dinâmicas ambientais da região de estudo. Compreendemos a importância dos estudos arqueológicos associados aos geográficos, tendo em vista que demandam conhecimento do meio físico-biótico (Geologia, Geomorfologia, aspectos climáticos, recursos hídricos, cobertura vegetal e fauna). A partir do que foi estabelecido compreendemos que o homem, por meio dos seus conhecimentos técnicos e culturais, influencia o espaço e é influenciado por ele.
This master's thesis aims to contribute to archaeological research on the occupation of ceramist farming groups, associated with Tradition Aratu, in the northeast region of the State of São Paulo. Knowing the interpretative limits inherent to the concept of archaeological tradition, we started from this hypothesis to investigate the settlement pattern of the area of the Archaeological Site Jeriquara, Municipality of Ituverava SP. The results of the analysis of the physical environment and material culture were developed with the purpose of understanding the settlement systems established by Morais (1999/2000) on indigenous groups that occupied the area over time, and the way these groups organized the internal space of their housing and activities areas. We use the practice of investigations of the operative chain of production of chipped lithic artifacts and the interdisciplinarity between Archeology and Geography, for the development of the Geoarcheology method. The spatial cutout for the elaboration of this study started from the local and regional scale, we emphasize that working with scales, in this perspective, requires a detailed study of the archaeological records and the physical environment, based on the construction of models on the environmental dynamics of the study region. We understand the importance of archaeological studies associated with geographic ones, considering that they demand knowledge of the physical-biotic environment (Geology, Geomorphology, climatic aspects, water resources, vegetation cover and fauna). From what has been established, we understand that man, through his technical and cultural knowledge, influences space and is influenced by it.

Descrição

Palavras-chave

Geoarqueologia, Aratu-Sapucaí, Cadeia operatória, Padrão de assentamento, Patrimônio cultural, Geoarchaeology, Operational chain, Settlement pattern, Cultural heritage

Como citar