O problema do sentido da dialética no diálogo entre Walter Benjamin e Theodor W. Adorno (1916-1932)

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2018-03-05

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo compreender alguns fundamentos do debate teórico-metodológico estabelecido entre Walter Benjamin (1892-1940) e Theodor Adorno (1903-1969) sobre a dialética. Este debate foi documentado nas correspondências trocadas entre ambos durante a década de 1930 e repercute diretamente nos textos produzidos por cada um deles nesse mesmo período, revelando determinadas convergências e divergências que permeiam aspectos fundamentais da dialética. A seguir, o problema da pesquisa e os elementos teórico-metodológicos apresentados estão dispostos em uma constelação estratégica para se realizar um estudo a respeito de alguns desdobramentos da dialética no âmbito da teoria crítica. Partimos da observação de que os escritos da década de 1910 e início da década de 1920 do jovem Benjamin apresentam uma concepção de linguagem e crítica de arte que extrai sua vitalidade de uma determinada forma de imediatez em relação ao objeto. Entretanto, na década de 1930, ao considerar metodologicamente os ensaios mais recentes de teoria estética e crítica literária de Benjamin, Adorno observa que a relação de imediatez com o objeto é incompatível com a dialética materialista, sendo imprescindível realizar uma mediação do objeto com o processo social total. Após traçar esse panorama, o problema em questão é remetido aos textos programáticos em que ambos elaboram suas respectivas tarefas filosóficas, com o intuito de compreender o sentido da dialética no pensamento dos autores naquele contexto.
The present work aims to understand some foundations of the theoretical-methodological debate established between Walter Benjamin (1892-1940) and Theodor Adorno (1903-1969) on dialectics. This debate was documented in the correspondences exchanged between them during the 1930s and directly affects the texts produced by each of them during the same period, revealing certain convergences and divergences that permeate fundamental aspects of dialectics. In what follows, the research problem and the presented theoretical-methodological elements are arranged in a strategic constellation to carry out a study about some developments of dialectics in the scope of the critical theory. We begin with the observation that the writings of the young Benjamin in the 1910s and early 1920s present a conception of language and art criticism that extracts their vitality from a certain form of immediacy in relation to the object. However, in the 1930s, when considering methodologically Benjamin's most recent essays on aesthetics and literary criticism, Adorno notes that the relation of immediacy to the object is incompatible with materialist dialectics, and it is essential to mediate the object with the social process in its totality. After picturing this panorama, the problem in question is referred to the programmatic texts in which both elaborate their respective philosophical tasks, in order to understand the meaning of dialectics in the thought of the authors in that context.

Descrição

Palavras-chave

Dialética., Método., Totalidade., Mediação., Imediatez., Dialectics., Method., Totality., Mediation., Immediacy.

Como citar