Intervenção psicoeducativa em grupo de mães adolescentes: um relato de experiência

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2009

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (inglês)

Studies concerning teenage mothers have increasingly become a focus of attention in the field of psychology. The number of girls becoming mothers at ages of between ten and fourteen years is constantly growing, which seems to necessitate a review of how this phase of life is affected by the family environment. Mothers, in particular, are influential in their children’s lives, furnishing notions concerning the concept of a good life and providing guidelines to avoid dangerous situations and early pregnancy, within a progressive educational process beginning at an early age. Considering the variables that affect the way that the family functions, and the growing number of adolescents that become mothers, and hence initiate a new family group, the main objectives of this work are to evaluate the parental abilities of teenage mothers, provide guidance to prevent inadvertent pregnancy, and suggest correlations with the current environment within which adolescents find themselves, from a Developmental Psychology perspective.

Resumo (espanhol)

Los estudios con madres adolescentes se han convertido en un foco creciente dentro de la psicología. En este contexto, existe un número cada vez mayor de niñas que llegan a ser madres con edades entre diez y catorce años, lo que parece una señal para rever como este ciclo está directamente relacionado a los patrones de desarrollo familiar. Las madres, especialmente, poseen un papel significativo en la vida de los hijos, influenciándolos con su concepción de lo que sería una buena vida y mostrando como evitar envolverse en comportamientos de riesgos, de gravidez precoz, todo esto por medio de de un proceso gradual de educación, comenzando a una edad temprana. Al considerar algunas variables que actúan sobre el funcionamiento familiar, además de la incidencia del crecimiento de las adolescentes que se convierten en madres y que tienden a comenzar un nuevo grupo familiar, este trabajo tuvo como objetivos: evaluar las a habilidades y responsabilidades de las madres adolescentes; dar orientación y prevenir gravidez indeseada y favorecer correlaciones con el ciclo vital en que se encuentran partiendo de la perspectiva de la Psicología del Desarrollo.

Resumo (português)

Estudos com mães adolescentes têm se configurado um foco crescente dentro da Psicologia. Neste contexto, há um número cada vez maior de meninas que se tornam mães com idade entre dez e quatorze anos, o que parece apontar para a necessidade de se rever como esta fase do ciclo vital está diretamente relacionada a padrões do desenvolvimento familiar. As mães, em especial, têm papel significativo nas vidas dos filhos, influenciando suas idéias sobre o que seria uma boa vida e como evitar envolverem-se em comportamentos de risco e gravidez precoce, por meio de um processo de educação gradual e que começa desde a mais tenra idade. Considerando algumas variáveis que atuam sobre o funcionamento da família, e, com a emergência cada vez maior de adolescentes que se tornam mães e, portanto, tendem a iniciar um novo grupo familiar, este trabalho teve como principais objetivos avaliar as habilidades parentais de mães adolescentes, orientar a prevenção da gravidez indesejada e propiciar algumas correlações com a fase do ciclo vital em que se encontram, a partir da perspectiva da Psicologia do Desenvolvimento.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Revista Ciência em Extensão, v. 5, n. 1, p. 113-118, 2009.

Itens relacionados

Financiadores