Comportamento de mudas de nim à salinidade da água em solo não salino com biofertilizante

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2012-11

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG

Resumo

An experiment was carried out in greenhouse during the period January to April 2010, at Center of Agricultural Sciences of the Federal University of Paraiba, in Areia, Paraiba State, Brazil, in order to evaluate the effects of saline water and bovine biofertilizer on the seedling growth of Indian neem. The substrate was material of a non-saline soil collected in depth of 0-20 cm. The treatments were arranged in a completely randomized design using a 5 x 2 factorial, referring to salinity levels of irrigation water of 0.5, 1.0, 2.0, 3.0 and 4.0 dS m-1, with and without bovine biofertilizer applied to the soil only once after dilution with water (1:1), a day before sowing, in volume corresponding to 10% of the substrate. At 86 days after emergence of seedlings the plant growth in height and principal root length, diameter of stem and root, leaf number and dry mass of roots and shoots of plants were evaluated. The salinity of irrigation water increased the salinity levels in the substrate inhibiting the growth in height, stem diameter, leaf emission by plants, diameter and length of principal root and the dry matter production of roots and aerial parts (leaves + stem) of neem, but with less pronounced decrease in plants under the treatments with bovine biofertilizer.
Um experimento foi desenvolvido em ambiente telado do Departamento de Solos e Engenharia Rural da Universidade Federal da Paraíba, Areia, PB, no período de janeiro a abril de 2010. O substrato constou de material de um Neossolo Quartzarênico não salino, coletado na camada de 0-20 cm. Os tratamentos foram dispostos em delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial 5 x 2, referente aos níveis de salinidade da água de irrigação de 0,5; 1,0; 2,0; 3,0 e 4,0 dS m-1, no solo sem e com biofertilizante comum, aplicado ao solo uma única vez, após diluição em água, na proporção de 1:1, um dia antes da semeadura, em volume correspondente a 10% do volume do substrato. Aos 86 dias após a emergência das plântulas normais avaliaram-se o crescimento em altura e o comprimento da raiz, diâmetro do caule e da raiz, número de folhas e a massa seca das raízes e parte aérea das plantas. O conteúdo salino da água de irrigação elevou a condição salina do substrato ao ponto de comprometer o crescimento em altura e diâmetro do caule, número de folhas, diâmetro e comprimento da raiz principal, massa seca das raízes e parte aérea (folhas + caule) do nim mas com declínios menos pronunciados nos tratamentos com biofertilizante bovino.

Descrição

Palavras-chave

Azadirachta indica, saline stress, organic manure, Azadirachta indica, estresse salino, insumo orgânico

Como citar

Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental. Campina Grande, PB, Brazil: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG, v. 16, n. 11, p. 1152-1158, 2012.