Tratamento de águas residuárias de suinocultura em reatores UASB e em batelada com fase aeróbia, em série, e reuso na produção de milho e sorgo

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2011-08-15

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Avaliou-se o desempenho de doisconjuntosde reatores UASB instalados em série, notratamento de águas residuárias de suinocultura, e o reúso dos efluentes na adubação de milho e sorgo. Os conjuntos I e II foram compostos por dois reatores UASB em série com volumes de 908 e 350 L e de 908 e 188 L, respectivamente. No conjunto II foi realizado o pós-tratamento em um reator aeróbio operado em bateladas seqüenciais (RBS) de 3000 L. Os tempos de detenção hidráulica (TDH) aplicados no reator do primeiro estágio (R1) foram de 72, 54 e 42 horas em ambos os conjuntos. As cargas orgânicas volumétricas (COV) aplicadas no R1 variaram de 6,9 a 12,6 kg DQOtotal (m3 d)-1 e de 7,5 a 9,8 kg DQOtotal (m3 d)-1, dos conjuntos I e II respectivamente. Nos sistemas de tratamento anaeróbios, as eficiências médias de remoção de DQOtotal, nitrogênio Kjeldahl (NK) e fósforo total (P-total) no conjunto I atingiram 96, 68 e 64%, respectivamente, e no conjunto II, 95, 61 e 60%, respectivamente. Para Cu, Fe, Mn e Zn, as eficiências médias de remoção dos sistemas de tratamento anaeróbio, no conjunto I atingiram 94, 88, 78 e 92%, respectivamente, e no conjunto II, 82, 80, 81 e 90%, respectivamente. Com a inclusão do RBS aeróbio no sistema II, as eficiências aumentaram para valores de 98, 73 e 82% para DQOtotal, NK e P-total, respectivamente, e de 88, 91, 86, 99 e 99,3%, para Cu, Fe, Mn, Zn e coliformes termotolerantes, respectivamente. O reúso dos efluentes tratados e do dejeto bruto, não promoveu mudanças na produtividade do milho e do sorgo, porém, a aplicação dos efluentes tratados elevaram as concentrações de N prontamente disponível para as plantas no solo. Mesmo aplicados em doses muito maiores comparativamente ao dejeto bruto, os efluentes tratados promoveram menor contaminação do solo por coliformes totais e termotolerantes
The performance of two sets of UASB reactors installed in series was evaluated, for treatment of swine wastewater, and reuse of effluent as fertilizer for corn and sorghum. The sets I and II were composed of two UASB reactors in series with volumes of 908 and 350 L and 908 L and 188, respectively. In set II was performed after treatment in an aerobic reactor operated in sequencing batch mode (RBS) of 3,000 L. The hydraulic retention time (HRT) used in the first stage reactor (R1) were 72, 54 and 42 hours in both sets. The organic loading rate (OLR) applied on the R1, ranged from 6.9 to 12.6 kg total COD (m3 d)-1 and 7.5 to 9.8 kg total COD (m3 d)-1 in clusters I and II respectively. In anaerobic treatment systems, the average removal efficiencies of total COD, Kjeldahl nitrogen (NK) and total phosphorus (total P) in the set I reached 96, 68 and 64% respectively, and set II, 95, 61 and 60%, respectively. For Cu, Fe, Mn and Zn, the average removal efficiencies of anaerobic treatment systems, on the whole I reached 94, 88, 78 and 92% respectively, and set II, 82, 80, 81 and 90% respectively . With the inclusion of aerobic RBS in the set II, increased efficiencies, reaching values of 98, 73 and 82% for total COD, total-P and NK, respectively, and 88, 91, 86, 99 and 99.3% for Cu , Fe, Mn, Zn and thermotolerant coliforms, respectively. The reuse of treated effluent and raw manure, did not promote changes in the productivity of maize and sorghum, however, the application of treated effluent increased concentrations of N readily available for plants in soil. Even in much larger doses applied compared to the raw waste, the treated effluent, promoted soil contamination by total coliforms and thermotolerant considerably less

Descrição

Palavras-chave

Aguas residuais, Swine wastewater

Como citar

URBINATI, Estevão. Tratamento de águas residuárias de suinocultura em reatores UASB e em batelada com fase aeróbia, em série, e reuso na produção de milho e sorgo. 2011. xxxiv, 256 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias de Jaboticabal, 2011.