Impact of maintenance of Macrobrachium rosenbergii de Man, 1879 (Crustacea, Decapoda, Palaemonidae) broodstock on the water used in culture ponds

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2011-11-01

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Instituto Internacional de Ecologia

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

A produção aquícola gera benefícios sociais e econômicos, no entanto, também pode proporcionar impactos ambientais. Os objetivos deste trabalho foram: a) caracterizar os impactos causados pela manutenção de reprodutores do camarão-da-malásia (Macrobrachium rosenbergii) nas características físicas e químicas da água utilizada nos viveiros de cultivo; e b) avaliar a relação entre a biomassa de camarões e o impacto do cultivo na água utilizada no viveiro. Entre janeiro e dezembro de 2004, foram determinadas, mensalmente, a biomassa de M. rosenbergii, por meio de biometria, e as variáveis físicas e químicas da água de abastecimento e do efluente de um viveiro utilizado para a manutenção de reprodutores. Os resultados mostraram que o efluente possui maiores valores de clorofila a, material particulado em suspensão (MPS), pH, oxigênio dissolvido, nitrogênio Kjeldahl total (NKT) e nitrogênio Kjeldahl dissolvido (NKD), nitrogênio inorgânico (NI), fósforo (PT) e fósforo dissolvido (PD) e P-ortofosfato do que a água de abastecimento do viveiro. A maior biomassa de M. rosenbergii ocorreu em abril (127,0 g.m-2) e a menor em agosto (71,5 g.m-2) e houve correlações lineares positivas entre a biomassa de camarões e a intensidade do aumento de NKT, NKD, NI, PT e PD da água utilizada no viveiro. A manutenção de reprodutores de M. rosenbergii aumentou a clorofila-a, MPS, nitrogênio e fósforo da água utilizada no viveiro. Além disso, o aumento da biomassa de camarões intensifica a exportação de nitrogênio e fósforo do viveiro pelo efluente.

Resumo (inglês)

Aquaculture production generates social and economic benefits, but can also cause environmental impacts. The objectives of this study were: a) to characterise the impacts caused by the maintenance of broodstock of the giant river prawn (Macrobrachium rosenbergii) on the physical and chemical characteristics of the water used in culture ponds, and b) to evaluate the relationship between the biomass of the prawns and the impact of culture on the water used in the ponds. Between January and December 2004, we determined, monthly, the biomass of M. rosenbergii by means of biometrics, and the physical and chemical variables of the supply and effluent water from a pond used to maintain breeding stock. The results showed that the effluent water had higher contents of chlorophyll-a, suspended particulate matter (SPM), pH, dissolved oxygen, total Kjeldahl nitrogen (TKN) and dissolved Kjeldahl nitrogen (DKN), inorganic nitrogen (IN), total (TP) and dissolved phosphorus (DP), and P-orthophosphate than the supply water. The highest biomass of M. rosenbergii occurred in April (127.0 g.m-2) and the lowest in August (71.5 g.m-2), and there were positive linear correlations between the biomass of the prawns and the intensity of the increases in TKN, DKN, IN, TP, and DP of the water used in the pond. The maintenance of broodstock of M. rosenbergii increased the chlorophyll-a, SPM, nitrogen, and phosphorus contents of the water in the pond. Additionally, the increase in the biomass of the prawns intensifies the export of nitrogen and phosphorus from the pond in the effluent.

Descrição

Idioma

Inglês

Como citar

Brazilian Journal of Biology. Instituto Internacional de Ecologia, v. 71, n. 4, p. 857-863, 2011.

Itens relacionados