Avaliação do pH, da solubilidade e da infiltração marginal em retrobturações com o Sealer 26 puro ou acrescido de iodofórmio

Nenhuma Miniatura disponível

Data

2010

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (inglês)

Sealer 26® cement contains bisphenol epoxy resin associated with calcium hydroxide, presenting smaller radiopacity than other endodontic cements. Aiming to improve this property, iodoform has been added in its composition. However, this addition's possible changes in physical and chemical properties still need to be studied. OBJECTIVE: To evaluate the apical sealing ability, solubility, and pH of Sealer 26® alone or with iodoform, at several proportions. MATERIAL AND METHODS: Three experimental mixtures of Sealer 26®, alone or with iodoform, were prepared and subjected to solubility test. Additionally, these combinations were inserted into polyethylene tubes and immersed in distilled water, and, their pH was evaluated after 24-h and 7-day periods. Subsequently, forty roots of extracted lower incisors subdivided into four groups of 10 specimens each, were retrograde filled with one of the previously described mixtures and gutta-percha points. The roots were immersed in Rhodamine B, under vacuum, for 72 hours. After this period, the specimens were longitudinally sectioned, root fragments photographed, these images scanned, and apical infiltration measured by Image tool software. The obtained data were subjected to statistical analysis, at a significance level of 5%. RESULTS: Marginal leakage and solubility tests did not show any difference among the experimental groups (p > 0.05). pH analysis was only statistically different at 24-h period and between Sealer 26® alone and 1.1g iodoform group (p < 0.05). CONCLUSION: The presence of iodoform in Sealer 26®, at the used proportions, did not alter the solubility, apical marginal leakage and pH properties of the original cement.

Resumo (português)

O cimento Sealer 26® contém resina epóxi associada ao hidróxido de cálcio, apresentando menor radiopacidade que alguns cimentos endodônticos. Com o intuito de melhorar essa propriedade, tem-se agregado iodofórmio ao pó do cimento. Entretanto, ao executar tal procedimento, desconhecem-se as possíveis alterações nas propriedades físicas e químicas do material. OBJETIVO:Avaliar a capacidade de selamento marginal apical, a solubilidade e o pH do Sealer 26® puro ou acrescido de iodofórmio em diversas proporções. MATERIAL E MÉTODOS: Foram manipuladas e submetidas ao teste de solubilidade três associações experimentais de Sealer 26®, puro ou acrescido de iodofórmio. Paralelamente, as combinações foram inseridas em tubos de polietileno e imersas em água destilada, e o pH das soluções foi avaliado nos períodos de 24 horas e 7 dias. Em seguida, 40 raízes de incisivos inferiores extraídos, subdivididos em quatro grupos de dez espécimes cada, foram retrobturados com uma das misturas anteriormente descritas. Imergiram-se as raízes em Rhodamine B, sob vácuo, por 72 horas. Concluída a imersão, os espécimes foram desgastados longitudinalmente, os fragmentos radiculares fotografados, as imagens digitalizadas e a infiltração apical medida pelo programa Image Tool. Os dados obtidos foram submetidos a análise estatística, com nível de significância de 5%. RESULTADOS: Os testes de infiltração e solubilidade não demonstraram diferenças entre os grupos experimentais (p > 0,05). A análise do pH apresentou diferença apenas no período de 24 horas entre o grupo do Sealer 26® puro e o grupo com 1,1 g de iodofórmio (p < 0,05). CONCLUSÃO: A adição de iodofórmio ao Sealer 26®, nas proporções descritas, não alterou as propriedades de selamento marginal apical, a solubilidade nem o pH do cimento original.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

RSBO. Revista Sul-Brasileira de Odontologia, v. 7, n. 4, p. 389-395, 2010.

Itens relacionados

Financiadores