Ocupação do solo em nove sub-bacias incluídas na bacia hidrográfica do Ribeirão do Faxinal - Botucatu (SP)

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2011

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (inglês)

Expansion of agricultural practice, cattle raising and forestry, in a disorderly way and no limits of land use, generates the degradation of natural resources such as soil, water and vegetation. That fact brings consequences, impacts the environment and the rural landscape. This study aimed to identify and quantify the land use in nine watersheds included in the watershed of Faxinal creek, located in western Botucatu, São Paulo State, Brazil, at 22º 51’ 35” and 22º 57’ 02” – Latitude S and 48º 39’ 42” and 48º 38’ 01” – Longitude W. The basin was subdivided into 9 subunits, being eight from second and one from third-order branch. The diagnosis of the subunits was carried out with geospatial technologies, in order to gather data on the use and occupation of the soil. Based on the obtained results, was concluded that the sub watersheds are occupied by the sum of areas of Citrus, horticulture, coffee plantation and small other occupations (25,81%), followed by reforestation (24,80%), as an isolated occupation element, has occupied the largest area.

Resumo (português)

A expansão das atividades agrosilvopastoris, de forma desordenada e sem a consideração das limitações do uso das terras rurais, gera a degradação dos recursos naturais, como: o solo, a água e a vegetação, trazendo consequências, impactantes ao meio ambiente e a alteração da paisagem rural. O presente estudo teve como objetivo identificar e quantificar o uso da terra em nove sub-bacias pertencentes à bacia hidrográfica do Ribeirão Faxinal, que se localiza na porção oeste do município de Botucatu- SP, circunscrita entre as coordenadas geográficas: 22o 51’ 35’’ e 22o 57’ 02’’ de latitude S e 48o 39’ 42’’ e 48o 38’ 01’’ de longitude W. de Greenwich. Para melhor desenvolvimento do estudo, à bacia foi subdividida em 9 subunidades, sendo oito de segunda ordem e uma de terceira ordem de ramificação. O diagnostico foi realizado com as técnicas de geoprocessamento, de modo a reunir dados sobre o uso e ocupação do solo. Com base nos resultados obtidos, podemos concluir que a maior parte das sub-bacias é ocupada pela somatória de áreas de citricultura, horticultura, cafezais e outras pequenas ocupações (25,81%), seguido por reflorestamento (24,80%), o qual como elemento de ocupação isoladamente, ocupa a maior área.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Energia na Agricultura, v. 26, n. 4, p. 16-24, 2011.

Itens relacionados

Financiadores