Periodontal conditions in a 7-19-year-old student population in Araraquara, São Paulo, Brazil, 1995

Nenhuma Miniatura disponível

Data

1997-04-01

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

O objetivo deste estudo foi verificar as condições periodontais e necessidades de tratamento em crianças e adolescentes, com idades entre 7 e 19 anos, matriculados em Escolas Públicas de Araraquara, SP, Brasil, em 1995, com o propósito de se obter um banco de dados-base inicial para o monitoramento das mudanças no estado periodontal. Uma amostra de 1956 crianças e adolescentes foi examinada por duas examinadoras, previamente calibradas, usando o CPITN. Os resultados mostraram que o sangramento gengival foi a condição periodontal mais frequentemente observada em todas as idades, com média de 3,0 sextantes afetados na idade de 15 anos. A presença de cálculo dental aumentou com a idade. No grupo etário de 15-19 anos, o cálculo dental e as bolsas periodontais rasas (3,5-5,5 mm) foram observados em 39,8% e 1,6% dos adolescentes, respectivamente. Com o propósito de alcançar a meta da OMS de não mais do que um sextante com escores 1 (sangramento) ou 2 (presença de cálculo dental) do CPITN na idade de 15 anos, prioridade deve ser dada aos programas de prevenção primária para que a saúde periodontal da maioria seja beneficiada.

Resumo (inglês)

The Purpose of this study was to assess the periodontal conditions and treatment needs in 7-19-year-old Brazilian school children and adolescents enrolled in the urban public schools in Araraquara, São Paulo, Brazil, in 1995, to provide baseline data for monitoring changes in their periodontal status. A sample of 1,956 school children and adolescents aged 7 to 19 years was examined by two examiners previously calibrated using the CPITN (Community Pe riodontal Index of Treatment Needs). The results showed that bleeding was the most frequently observed periodontal condition in all age groups, with a mean of 3.0 sextants affected at age 15. The presence of calculus increased with age. In the 15-19-year age group, calculus and shallow pockets (3.5-5.5 mm) were observed in 39.8 per cent and 1.6 per cent of the adolescents, respectively. In order to achieve the WHO oral health goal of no more than one sextant scoring GPITN 1 (bleeding) or 2 (presence of dental calculus) at age 15, priority should be focused on primary prevention programs to benefit the periodontal health of the majority.

Descrição

Idioma

Inglês

Como citar

Cadernos de Saúde Pública. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz, v. 13, n. 2, p. 321-324, 1997.

Itens relacionados

Financiadores

Coleções