Fungicidas de efeitos fisiológicos no desenvolvimento de plantas de pimentão enxertadas e não enxertadas sob cultivo protegido

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2014-02-11

Orientador

Rodrigues, João Domingos
Ono, Elizabeth Orika

Coorientador

Pós-graduação

Agronomia (Horticultura) - FCA

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Dissertação de mestrado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

Até pouco tempo os fungicidas eram usados exclusivamente para o controle de doenças, no entanto, observações de efeitos fisiológicos trouxeram um novo conceito para o uso desses produtos. As estrobilurinas possuem efeitos fisiológicos positivos no rendimento das culturas, devido ao aumento da fotossíntese líquida e melhor balanço hormonal. Já o boscalida complementa a ação desses fungicidas, aplicado alternadamente ou em conjunto. O experimento foi instalado e conduzido na Fazenda Experimental São Manuel, pertencente à Faculdade de Ciências Agronômicas da UNESP, Campus de Botucatu. O trabalho teve como objetivo avaliar o efeito da aplicação de diferentes fungicidas na fisiologia e produtividade de plantas de pimentão (Capsicum annuum L.) enxertadas e não enxertadas em ambiente protegido. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com quatro repetições. Foram dez tratamentos resultantes do fatorial: cinco fungicidas x plantas não enxertadas e enxertadas. Os tratamentos com fungicidas foram T1- Testemunha, T2- boscalida + cresoxim-metílico: 10 g + 20 g ingrediente ativo (i.a.) 100 L-1 água, T3- boscalida: 10 g i.a. 100 L-1 água, T4- piraclostrobina: 7,5 g i.a. 100 L-1 água e T5- boscalida + piraclostrobina: 10 g + 5 g i.a. 100 L-1 água. Foram realizadas quatro aplicações, sendo a primeira 30 dias após o transplante das mudas e as demais com intervalo de 14 dias. O efeito dos tratamentos foi avaliado através das observações das seguintes características: produtividade de frutos, massa média de fruto, trocas gasosas, índice de clorofila nas folhas e atividade de enzimas peroxidase (POD), superóxido dismutase (SOD), catalase (CAT) e nitrato redutase. Não houve diferença na produtividade entre plantas não enxertadas e enxertadas. Todos os fungicidas testados apresentaram efeitos fisiológicos positivos nas plantas de pimentão enxertadas e não...

Resumo (inglês)

Until recently, fungicides were used exclusively for the control of diseases, however observations of physiological effects brought a new concept for the use of these products. Strobilurins have positive physiological effects on crop yields due to increased net photosynthesis and better hormonal balance. Already Boscalid complements the action of these fungicides applied alternately or together. The experiment was conducted at an experimental area, which belongs to the Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA), Universidade Estadual Paulista (UNESP), Campus de Botucatu, in greenhouse conditions. The study aimed to evaluate the effect of different application times of Boscalid and Pyraclostrobin in sweet pepper plants (Capsicum annuum L.), non-grafted and grafted, in protected cultivation, aiming its physiological effects on plant development and yield. The experimental design was a randomized block with four replications. Were ten treatments resulting from the factorial: Five fungicides x non-grafted and grafted plants. The fungicide treatments were T1 - Witness , T2 - Boscalid + Kresoxim - methyl (10 g + 20 g) active ingredient (ai) 100 L-1 water - T3 Boscalid: 10 g ai 100 L-1 water; T4-Pyraclostrobin: 100 g 7.5 g ai-1 and T5-Boscalid + Pyraclostrobin 10 g + 5 g ai 100 L-1 water. Four applications were performed, and the first 30 days after transplanting and the other with an interval of 14 days. The effect of the treatments was assessed through observations of the following: fruit yield, average weight of fruit, gas exchange, chlorophyll content in leaves and activity of peroxidase, superoxide dismutase, catalase and nitrate reductase. Observed increase in the rate of CO2 assimilation, chlorophyll content and antioxidant enzyme activity in all chemical treatments compared to the control, 4 which demonstrates that the fungicides studied have positive physiological effects in this ...

Descrição

Idioma

Português

Como citar

FREITAS FILHO, Arleneo Machado de. Fungicidas de efeitos fisiológicos no desenvolvimento de plantas de pimentão enxertadas e não enxertadas sob cultivo protegido. 2014. x, 54 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista “Julio de Mesquita Filho” , Faculdade de Ciências Agronômicas de Botucatu, 2014.

Itens relacionados

Financiadores