O saber-fazer dos professores de geografia do ensino fundamental: fatores que poderão influenciar na escolha dos procedimentos didáticos para ensinar sobre o cerrado

Imagem de Miniatura

Data

2011-04-19

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Na educação formal, seja em espaço escolar ou não-escolar, a aprendizagem dos alunos depende em grande parte dos procedimentos didáticos que os professores escolhem para ensinar determinados conteúdos. No Ensino de Geografia, quando o tema é cerrado, há possibilidade de diversificar os procedimentos dos quais os professores poderão recorrer, entre eles as ilustrações, documentário em vídeo, livro didático ou ainda aula em campo no ambiente natural. Buscamos neste trabalho, identificar os fatores que poderão influenciar professores de Geografia do Ensino Fundamental na escolha dos procedimentos didáticos para o ensino sobre o cerrado, levando em consideração as experiências sócio-históricas desses professores. Inicialmente, consideramos a hipótese de que os professores poderiam ser influenciados pelas experiências do mundo-vivido, das experiências infantis, ainda como alunos ou como profissionais. Ao final deste trabalho, chegamos a conclusão de que a hipótese incial não foi totalmente confirmas, pois constatamos que, para a maioria dos professores, as experiências sócio-históricas da infância não influenciam diretamente na escolha dos procedimentos didáticos, porém, as experiências vividas na Educação Básica, no Ensino Superior enquanto alunos tem maior grau de influência na práxis de cada profissional. Participaram dessa pesquisa sete professores de Geografia do Ensino Fundamental de duas Escolas Públicas da cidade de Bauru e para coleta de dados, foram utilizados dois instrumentos: a entrevista e o questionário com questões pré-formuladas. Procuramos, à luz da fenomenologia, discutir o quanto as experiências sócio-históricas e as concepções dos professores de Geografia sobre cerrado estão relacionadas às escolhas dos procedimentos didáticos utilizados para ensinar esse tema no Ensino Fundamental
In formal education, whether in the school environment or not, student depends largely on the didactic procedures that teachers choose to teach certain contents. In Geography Teaching, when the subject is the cerrado, there is the possibility of diversitying the procedures which teachers could use, including illustrations, video documentary, textbook or field class in natural environment. This work aims to identify factors that may influence Geography teachers in Elementary Education in the choice for didactic procedures on the cerrado learning, taking into account these teacher's socio-historical experiences. Initially we consider the hypothesis that teachers might be influenced by the world linked experiences, by childhood lived experiences, even as students or as professionals. At the end of this work, we come to the conclusion that the initial hypothesis was not fully confirmed, because we noticed that for most teachers, the socio-historical experiences in childhood do not directly influence the choice of didactic procedures, but the experiences in Basic Education and in College, while students have a greater influence on each professional practice. Seven Elementary Education Geography teachers participated in this study from two public schools in Bauru city and for data collection, we used two instruments: the interview and questionnaire with pre-formulated questions. We seek throgh the light of phenomenology, discuss the socio-historical experiences and perceptions of geography teachers over cerrrado are related to the didactic procedures choices, used to teach this subject in elementary school

Descrição

Palavras-chave

Geografia (Primeiro grau) - Estudo e ensino, Ensino reflexivo, Professores - Experiências, Fenomenologia, Teaching practice, Field class, Socio-historical experiences, Phenomenology

Como citar

FRANCELIN, Lismaria Polato. O saber-fazer dos professores de geografia do ensino fundamental: fatores que poderão influenciar na escolha dos procedimentos didáticos para ensinar sobre o cerrado. 2011. 144 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências de Bauru, 2011.