Avaliação da intoxicação de cultivares de cana-de-açúcar e I. grandifolia ao amicarbazone

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2011-12-01

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

O objetivo deste trabalho foi avaliar a intoxicação de planta daninha e cultivares de cana-de-açúcar ao amicarbazone. Para isso, utilizou-se Ipomoea grandifolia como planta daninha representante e os cultivares de cana-de-açúcar PO8862, SP80 3280 e RB83 5486, caracterizados como sensível, intermediário e tolerante aos herbicidas, respectivamente. Foi verificado o consumo de água e quantificada a concentração do amicarbazone em seiva de xilema dos três cultivares de cana-de-açúcar e de I. grandifolia por meio da bomba de Schollander e da cromatografia e espectrometria de massas (LC-MS). A intoxicação das plantas foi verificada através de leituras da fluorescência, com auxílio do fluorômetro portátil, que permitiu a correlação da taxa de transporte de elétrons (ETR) com a concentração de amicarbazone absorvido pelos cultivares de cana-de-açúcar e por I. grandifolia. Verificou-se, através do experimento, que a redução dos valores da ETR pode ser utilizada para indicar o nível de intoxicação de I. grandifolia e de plantas de cana-de-açúcar ao amicarbazone. I. grandifolia destacou-se em relação à cana-de-açúcar pela maior sensibilidade ao amicarbazone. A suscetibilidade diferencial dos cultivares de cana-de-açúcar PO8862, SP80 3280 e RB83 5486 pode ser justificada, possivelmente, pela absorção diferencial do amicarbazone entre os cultivares.

Resumo (inglês)

The objective of this work was to evaluate the intoxication of weeds and sugarcane cultivars by amicarbazone. Ipomoea grandifolia was used as weed representative and the sugarcane cultivars PO8862, SP80 3280, and RB835486, characterized as sensitive, intermediate and tolerant to herbicides, respectively. Water consumption was verified and amicarbazone concentration quantified in the xylem sap of the three sugarcane cultivars and of I. grandifolia, using the Schollander pump and chromatography and mass spectrometry (LC-MS). Plant intoxication was verified by fluorescence readings with the aid of portable fluorometer, which allowed the correlation of the electron transport rate (ETR) with the concentration of amicarbazone absorbed by the sugarcane cultivars and I. grandifolia. Thus, it could be verified through experiments that the reduction of ETR values may be used to indicate the level of intoxication of I. grandifolia, and sugarcane plants by amicarbazone. I. grandifolia was more sensitive to amicarbazone than sugarcane. The differential susceptibility of the sugarcane varieties PO8862, SP80 3280, and RB83 5486 can be justified possibly by the differential absorption of amicarbazone among cultivars.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Planta Daninha. Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas , v. 29, n. 4, p. 869-875, 2011.

Itens relacionados

Financiadores