O ensino remoto de Ciências e a percepção dos professores: mudam as formas pelas quais se ensina?

Imagem de Miniatura

Data

2022-01-20

Autores

Silva, David Luiz Arruda da

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

At the beggining of 2020, the virus responsible for the COVID 19 had a high transmition rate, it was already pontencially dangerous in other countris, it started to affect the Brazilians as well. This health cirsis had many consequences in several areas such as health, economy and also education. The elementar shcools that are traditionally na enviroment where some dozens of people live together during a few hours of the day, propound risks to the students, teachers and the civil cervants. One of the actions taken to contain the spread of this virus was the restriction of school functioning and as a consequence, new measures needed to be taken to face this new scenario. The current work aims to know a little about the new reality, to be specific, how remote teaching was seen in which science education teachers had to adapt. Therefore, we have the following research problem: What are the perceptions of science teachers about teaching during the COVID 19 pandemic? It´s a social research, with a descriptive character that had as objectives: 1 – Evaluate wether there was teacher training with the purpose of using digital plataforms, from the teacher´s perception. 2 – Verify if there are diferences regarding the difficulties when it comes about science teaching in the preception of the teachers from public and private education systems. 3 – Evaluate, in the perception of the science teachers, how has been the students participation in their classes. 48 teachers from diferente schools took part in the survey who answered na online questionnaire. The results show that in the teachers perception, the schools invested in technical training in order to handle new Technologies to teach and, among them, those who had more difficulties were the older teachers. It also shows that the teachers asses show productive this period of online experience and their main difficulties were the participation and motivation of students in online classes.
No início do ano de 2020, o vírus responsável pela COVID 19 com alta taxa de transmissão, que já se mostrava potencialmente perigoso em outros países, começou afetar também os brasileiros. Essa crise sanitária teve muitos reflexos em várias áreas como saúde, economia e a educação. As escolas de ensino básico que são, tradicionalmente, um ambiente onde algumas dezenas de pessoas convivem conjuntamente durante algumas horas do dia, oferecia riscos aos alunos, professores e funcionários da rede. Uma das ações adotadas para contenção da circulação deste vírus foi a restrição do funcionamento escolar, e como consequência, novas medidas precisaram ser adotadas para enfrentar o novo cenário. O presente trabalho tem como finalidade conhecer um pouco sobre a nova realidade, ou seja, como foi visto o ensino remoto em que os professores do ensino de ciência tiveram que se adaptar. Para tanto, temos o seguinte problema de pesquisa: quais as percepções de professores de Ciências sobre o ensino durante a pandemia da COVID 19? Trata-se de uma pesquisa social, de caráter descritivo que teve como objetivos: 1- Investigar se houve formação dos professores para o uso das plataformas digitais, na percepção dos professores. 2- Verificar se existem diferenças quanto às dificuldades encontradas no ensino de ciências na percepção de professores de redes públicas e particulares de ensino. 3-Analisar, na percepção de professores de ciências, como tem sido a participação dos alunos em suas aulas. Participaram da pesquisa 48 professores de diferentes escolas que responderam a um questionário com perguntas fechadas e abertas de forma on line. Os resultados da investigação apontam que, na percepção dos professores, as escolas investiram numa formação técnica para o manejo de novas tecnologias para ensinar e que, entre eles, os que tiveram mais dificuldades foram os professores com maior idade. Apontam também que os professores avaliam como produtivo esse período de experiência remota e que suas principais dificuldades foram a participação e a motivação dos alunos nas aulas remotas.

Descrição

Palavras-chave

Escolas, Professores, Ensino remoto, Ensino de ciência

Como citar