Velocidade do ar em barra de pulverização na deposição da calda fungicida, severidade da ferrugem asiática e produtividade da soja

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2010-03-01

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Grupo Paulista de Fitopatologia

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

O trabalho objetivou comparar a deposição da pulverização e o controle da ferrugem asiática após o tratamento com fungicidas sob quatro velocidades da assistência de ar junto à barra de pulverização na cultura da soja. Dois experimentos foram conduzidos na FCA/UNESP - Campus de Botucatu, safra 2006/07. Alvos artificiais foram fixados na superfície adaxial e abaxial de folíolos posicionados nas partes superior e inferior das plantas selecionadas e distribuídas perpendicularmente ao deslocamento do pulverizador. O oxicloreto de cobre (50% de cobre metálico) foi o marcador utilizado em pulverização e a determinação quantitativa dos depósitos feita com o uso de espectrofotometria de absorção atômica. Após a aplicação do fungicida piraclostrobina + epoxiconazole sob diferentes velocidades da assistência de ar junto à barra de pulverização (0, 9, 11 e 29 km h-1) procedeu-se a avaliação da severidade da doença e produtividade da soja. Na parte superior das plantas os maiores níveis de depósitos foram encontrados na pulverização sem assistência de ar. Já na parte inferior da planta foram encontrados os maiores níveis de deposição quando foram utilizadas as maiores velocidades da assistência de ar. No geral, a severidade da doença foi mais acentuada nos tratamentos sem o uso da assistência de ar. em relação à produtividade não houve diferenças entre os tratamentos com aplicação de fungicidas, porém houve incremento na produtividade para os tratamentos com assistência de ar.

Resumo (inglês)

This research aimed to evaluate the effects of chemical control of the rust and deposition fungicide sprayed under four air speed in spray boom on soybean crop (Glycine max L.). Two experiments were carried out in FCA/UNESP-Botucatu/SP (season 2007/08). The tracer used in the spray solution was copper oxychloride (50% of the metallic copper). It was measured by spectrophotometer of atomic absorption equipment. The targets were fixed on the under and upper side of the leaflets, in the top and lower parts of the same plant under the spray boom (experiment 1). After the application of pyraclostrobin + epoxiconazole fungicide mixture with the differents air speed (0, 9, 11 and 29 km h-1) rust severity and crop yield were evaluated (experiment 2). Significant differences were obtained in the lower part of the plants for spray deposition using higher speed of air assisted. In the top of the plants were found the great levels of deposition when used spraying without air-assisted. The rust severity was more intense in treatments without air-assisted. The crop yield did not show differences between the treatments with fungicide application, but with advantage to the air-assisted sprayer.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Summa Phytopathologica. Grupo Paulista de Fitopatologia, v. 36, n. 1, p. 45-50, 2010.

Itens relacionados

Financiadores