Tratamento cirúrgico de tumor odontogênico queratocístico: relato de caso

Resumo

Introduction: The Keratocystic Odontogenic Tumor (KCOT) is a benign odontogenic tumor with an infiltrative and potentially aggressive behavior with high recurrence rates. The KCOT occurs more often in men than women, with a frequency of 2:1, being more frequent in the mandible with a predilection for the body and branch. Treatment of KCOT remains controversial. Treatment usually includes enucleation, marsupialization, peripheral ostectomy, curettage associated with Carnoy solution and resection. Objective: To report a case of a KCOT located in the mandible. Case report: male patient, 15 years, with a KCOT on the right side of the mandible treated by enucleation and peripheral ostectomy, with four years of preservation, with no signs of recurrence. Final Comments: The treatment by enucleation associated with peripheral ostectomy reduces the relapse rate, preserves anatomical structures and can avoid a second surgical procedure for reconstruction of bone defects generated in surgery en bloc resection.
Introdução: O Tumor Odontogênico Queratocístico (TOQ) é um tumor odontogênico benigno com um comportamento potencialmente agressivo e infiltrativo com altas taxas de recidiva. O TOQ ocorre mais frequentemente em homens do que mulheres, com uma frequência de 2:1, sendo mais frequente na mandíbula com uma predileção pela região de corpo e ramo. O tratamento do TOQ ainda permanece controverso. O tratamento geralmente inclui enucleação, marsupialização, ostectomia periférica (fresagem), curetagem associada a solução de Carnoy e ressecção. Objetivo: Relatar um caso clínico de um TOQ localizado na mandíbula. Relato de caso: Paciente do gênero masculino, 15 anos, com um TOQ localizado no lado direito da mandíbula, tratado por meio de enucleção e ostectomia periférica, com quatro anos de proservação, sem sinais de recidiva da lesão. Comentários finais: O tratamento por meio de enucleação associada a ostectomia periférica diminui a taxa de recidiva, preserva estruturas anatômicas e pode evitar um segundo tempo cirúrgico para reconstrução do defeito ósseo gerado em cirurgias de ressecção em bloco.

Descrição

Palavras-chave

Odontogenic Tumors, Diagnosis, Recurrence, Tumores Odontogênicos, Diagnóstico, Recidiva

Como citar

Revista Brasileira de Cirurgia da Cabeça e Pescoço, v. 42, n. 3, p. 169-171, 2013.