Mao Tse Tung, o Campesinato e o Exército na ação revolucionária

Nenhuma Miniatura disponível

Data

2010

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Resumo

This paper aims to analyze some aspects of Mao Tse -Tung’s revolutionary ideas, specially those related to his Organizational Theory and Peasantry. We use some approaches to interact with his ways of thinking, like an interlocution with some of his texts, as also dialogues with some analysts; and how his political ideals progressed in the Chinese scenery, redeeming several categories of country laborers, peasants. Nevertheless, this work also aims to evaluate the role of the Chinese Army in the process; not only because its creation started with the peasants, but also because the Institution was a crucial instrument for achieving the victory of the Revolution. Through its context, this essay is also a suggestion, as a component to be considered in this line of thinking.
Este artigo objetiva destacar alguns aspectos do pensamento revolucionário de Mao Tse-Tung relacionados com a Teoria da Organização e o campesinato. Procura-se apreender, através de uma interlocução com vários de seus textos, como diálogos com alguns analistas, como se processou a evolução de seu pensamento político no cenário chinês, resgatando várias categorias de trabalhadores no campo e suas formas de organização. O presente texto objetiva também avaliar a presença do exército chinês naquele processo, não somente pelo fato de ele ter-se formado, em grande medida, por camponeses, mas o modo como a instituição foi um instrumento decisivo na vitória da revolução, sugerindo sua presença como um componente para se pensar contemporaneamente esta temática.

Descrição

Palavras-chave

Como citar

Antítese, v. 8, p. 105-115, 2010.