Evolução biológica e a origem de novidade morfológica: uma abordagem alternativa e complementar

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2019-11-29

Orientador

Pereira Junior, Alfredo
Gomes, Paulo César

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Ciências Biomédicas - ibb

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Trabalho de conclusão de curso

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

O surgimento de novidade morfológica no contexto prebiótico tem sido alvo de discussões científicas desde os primórdios das descobertas moleculares. Como o DNA, RNA e proteínas vieram a surgir, e carregar a complexidade estrutural e informacio-nal, que permitem a existência e manutenção das formas biológicas mais simples às mais complexas. A biologia evolutiva atua como uma ferramenta unificadora das di-ferentes áreas de estudo da biologia. Os mecanismos de seleção natural e mutação, sugeridos por Darwin e Wallace como fonte da diversificação de espécies, tem sido eficaz em fundamentar a origem da variabilidade genética e adaptação das espécies aos diferentes biomas em que estão inseridas. Todavia, tal mecanismo é questiona-do por pesquisadores de diferentes áreas como única e exclusiva fonte de compre-ensão do surgimento das moléculas primordiais, visto que as forças da seleção natu-ral e mutação atuam necessariamente em formas pré-existentes. O presente estudo visa contribuir com tal discussão analisando propostas alternativas e complementa-res para tais questionamentos, como a auto-organização, fenômeno observado em sistemas físico, químicos e biológicos, de estruturação dinâmica a partir das caracte-rísticas intrínsecas de seus componentes. Por meio da contextualização e exemplifi-cação do fenômeno em diferentes sistemas, é proposta uma abordagem do surgi-mento de novidade morfológica por meio da auto-organização de reações químicas catalíticas, como ferramenta geracional sob a qual a seleção natural possa atuar.

Resumo (inglês)

Since the first molecular discoveries, the arrising of morphological novelty in the pre-biotic era have been a major topic in the scientific discussions. How DNA, RNA and proteins originated and developed the rich structural and informational complexitiy that sustains simple and complex biological forms. Evolutionary biology is an unifying tool in all the major areas of biology. Through the mutation and natural selection mechanisms proposed by Darwin and Wallace, it's able to successfully explain how species adapt and survive in diferent environments. However, because natural selec-tion operates exclusively on pre-existent forms, some scientists question this mecha-nism applied as a single source of morphological novelty. This study aims to enhance the discussion through alternative proposals, like the self-organizing phenomen, ob-servated in the dynamic organization of physical, chemical and biological systems by intrinsic features of its components. First, we contextualize and exemplify self-organization in a variety of systems, thus we present a self-organizing approach through catalytic organized systems as a generative source in which natural selection can operate.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Itens relacionados

Financiadores