Análise energética na logística de transporte multimodal para exportação do etanol de Aparecida do Taboado (MS) até o porto de São Sebastião (SP)

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2013-11-21

Orientador

Biaggioni, Marco Antonio Martin

Coorientador

Pós-graduação

Agronomia (Energia na Agricultura) - FCA

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Tese de doutorado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

O Brasil, pioneiro na produção de etanol, tem no Sistema Petrobras, uma experiência de mais de 30 anos no setor de combustível alternativo desde os tempos do Proálcool. Através da distribuidora Transpetro, o país possui uma infra-estrutura de logística que abrange multimodais de transporte, terminais e vias que visam fortalecer o corredor exportador. É uma proposta brasileira à desafiante crise energética que se anuncia para o século XXI, e uma forma de independência ao petróleo. Desta forma, o presente trabalho analisou o fluxo energético considerando rotas atualmente projetadas, em construção ou operantes para o escoamento de etanol da região centro-oeste do Brasil para exportação, mais precisamente, do município de Aparecida do Taboado (MS) até o porto de São Sebastião (SP). Foram selecionadas 12 rotas para a análise contemplando a multimodalidade ou unimodalidade, ou seja, os diversos modais: rodoviário, ferroviário, hidroviário e dutoviário. A 1ª rota estudada (R1), com 988 km percorridos, foi combinada em três diferentes trechos, hidro-duto-rodoviário. A 2ª rota estudada (R2), com 1031 km percorridos, foi combinada também em três diferentes trechos, hidro-duto-ferroviário. A 3ª rota estudada (R3), com 956 km percorridos, foi combinada também em três diferentes trechos hidro-duto-dutoviário. A 4ª rota estudada (R4), com 831 km percorridos, teve um único modal combinado em dois trechos, rodo-rodoviário. A 5ª rota estudada (R5), com 874 km percorridos, foi combinada em dois diferentes trechos, rodo-ferroviário. A 6ª rota estudada (R6), com 799 km percorridos, foi combinada também em dois diferentes trechos, rodo-dutoviário. A 7ª rota estudada (R7), com 920 km percorridos, foi combinada em dois diferentes trechos, ferro-rodoviário. A 8ª rota estudada (R8), com 963 km percorridos, teve um único modal combinado em dois trechos, ferro-ferroviário...

Resumo (inglês)

The Brazil, pioneer in the production of ethanol, has on the Petrobras System an experience of over 30 years in the alternative fuel industry since the days of Proálcool. Through distributor Transpetro, the country has an infrastructure that encompasses multimodal logistics transportation , terminals and routes aimed at strengthening the export corridor. It is a Brazilian proposal to challenging energy crisis announced for the XXI century, and a way to oil independence. So, this paper analyzed the energy flow considering routes currently designed, under construction or operative to transport ethanol from the Midwest region of Brazil for export, more precisely the city of Aparecida do Taboado (MS) to the port of São Sebastião (SP). The various modes have been selected, Road, rail, waterline and pipeline: 12 routes for analysis contemplating the unimodality or multimodality. The 1st route studied (R1), with 988 km traveled, was combined into three different sections, hydro - duct - highway. The 2nd route studied (R2), with 1031 km traveled, has also been combined into three different sections, hydro - duct - rail. The 3rd route studied (R3), 956 km, has also been combined into three different sections hydro - duct - duct. The 4th route studied (R4) with 831 km traveled, had a single modal combined into two sections, highway - highway. The 5th studied route (R5), with 874 km traveled, was combined in two different sections, highway and rail. The 6th route studied (R6), with 799 km traveled, was also combined in two different sections, highway and duct. The 7th route studied (R7), with 920 km traveled, was combined in two different sections, rail - highway. The 8th route studied (R8), with 963 km traveled, had a single modal combined into two sections, rail - rail. The 9th route studied (R9), with 888 km traveled, was also combined in two different parts, rail - duct. The 10th route studied (R10), 869 ...

Descrição

Idioma

Português

Como citar

BOVOLENTA, Fábio César. Análise energética na logística de transporte multimodal para exportação do etanol de Aparecida do Taboado (MS) até o porto de São Sebastião (SP). 2013. xv, 133 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista “Julio de Mesquita Filho” , Faculdade de Ciências Agronômicas de Botucatu, 2013.

Itens relacionados

Financiadores