Etnobotânica, agroecologia e modelos alternativos em horticultura: análise de conteúdo da mídia impressa

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2015-12-18

Orientador

Ming, Lin Chau

Coorientador

Pós-graduação

Agronomia (Horticultura) - FCA

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Tese de doutorado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (inglês)

The outlined object to the focus of this project is part of the Globo Rural magazine of 001de editions September 1985 to 350 in December 2014. The proposal then is to analyze the critical point of view the speech as engender the type of print media as well as the visuals around themes relating to agriculture, in the case of this work of Ethnobotany, Agroecology and alternative models of Horticulture. To this end, this study contributes as a share to the development of an interpretive research into the discursive and media relations that the post-modern man builds with the different social, cultural and historical practices. The approach of the study is qualitative and quantitative, in which the researcher seeks to interpret the visual and discursive data materialized in editions of the magazine Globo Rural through content analysis proposed by Bardin. Bardin content analysis consists of a set of methodological nature of instruments constantly improving, which apply to speeches (content and continents) extremely diverse. In the analyzes of the primary or secondary headlines concerning the subject of Horticulture are largely related to a farming model currently questioned and in many cases the overlapping science. This conventional model called dominates the discourse and next to it an economic character arises in order to build a type of agriculture that not so suited to alternative models as proposed by this work

Resumo (português)

O objeto delineado para o foco desse projeto enquadra-se na revista Globo Rural das edições de 001de setembro de 1985 à 350 de dezembro de 2014. A proposta, então busca analisar do ponto de vista crítico o discurso de como engendram o tipo de mídia escrita, bem como os recursos visuais em torno de temas relativos à agricultura, no caso deste trabalho da Etnobotânica, Agroecologia e modelos alternativos de Horticultura. Para tanto, esse estudo contribui como parcela para o desenvolvimento de uma investigação interpretativa sobre as relações discursivas e midiáticas que o homem pós-moderno constrói para com as diferentes práticas sociais, culturais e históricas. A abordagem do estudo é de natureza qualitativa e quantitativa, no qual o pesquisador busca interpretar os dados visuais e discursivos materializados nas edições da revista Globo Rural por meio da análise de conteúdo proposto por Bardin. Segundo Bardin, a análise de conteúdo consiste em um conjunto de instrumentos de cunho metodológico em constante aperfeiçoamento, que se aplicam a discursos (conteúdos e continentes) extremamente diversificados. Nas análises as manchetes primárias ou secundárias referentes à temática da Horticultura estão em grande medida relacionadas à um modelo de agricultura atualmente questionada e em muitos casos sobrepostas pelas ciência. Este modelo chamado de convencional domina o discurso e junto a ele um caráter econômico se coloca de forma a construir um tipo de agricultura que não tão adequada aos modelos alternativos como proposto por este trabalho

Descrição

Idioma

Português

Como citar

OLIVEIRA, Kleber Andolfato de. Etnobotânica, agroecologia e modelos alternativos em horticultura: análise de conteúdo da mídia impressa. 2015. xiii, 111 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Ciências Agronômicas de Botucatu, 2015.

Itens relacionados

Financiadores