Valor alimentício da folha de amoreira (morus sp.) para o bicho-da-seda (bombyx mori l.) em função de sistemas de armazenagem dos ramos no pós-colheita

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2009-09-23

Orientador

Costa, Ciniro

Coorientador

Pós-graduação

Zootecnia - FMVZ

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Tese de doutorado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

Conduzido na Unidade de Pesquisa e Desenvolvimento de Gália (APTA/SAA) em março de 2007, o trabalho teve por objetivo avaliar sistemas de armazenagem da amoreira, quanto à eficiência de conservação e tempo de armazenamento. Os ramos foram armazenados em quatro diferentes sistemas: em depósito de ramos e no barracão, cobertos com tecido úmido, com as extremidades basais imersas em água, e cobertos e com as extremidades imersas. O delineamento experimental utilizado foi em blocos ao acaso com parcelas subdivididas, cinco repetições (blocos), quatro tratamentos principais (parcelas) e cinco tratamentos secundários (subparcelas, um a cinco dias de armazenamento). O sistema onde os ramos de amoreira foram armazenados em local fechado, cobertos com tecido úmido e com as extremidades imersas em água foi mais eficiente, pois as folhas mantiveram teor de umidade apropriado para alimentação do bicho-da-seda (69,13%) por até quatro dias de armazenamento.

Resumo (inglês)

Carried out at Unidade de Pesquisa e Desenvolvimento de Gália (APTA/SAA) in march of 2007, the work had for objective to evaluate storage systens of mulberry, with regard to conservation efficiency and warehousing time. The branches were stored in four different systems: in branches depository and in the shelter, covered with wet cloth, with the basal extremities immersed in water, and covered and with the extremities immersed. The experimental design utilized was split plot, with five replications (blocks), four principal treatments (parcels) and five secondary treatments (sub parcels, one until five days of warehousing). The system where the mulberry branches were stored in close place, covered with wet cloth and with the extremities immersed in water was more efficient, because the leaves maintained appropriate moisture purport for silkworm feeding (69,13%) for until four days of warehousing.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

PORTO, Antonio José. Valor alimentício da folha de amoreira (morus sp.) para o bicho-da-seda (bombyx mori l.) em função de sistemas de armazenagem dos ramos no pós-colheita. 2009. vi, 102 f. Tese (doutado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia de Botucatu, 2009.