Maturidade pulmonar e fetal de bezerros da raça holandesa preta e branca tecém-nascidos, a termo e hígidos: análise do líquido amniótico

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2015-02-15

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Considering the representativeness of dairy cattle in our country, the concern about the mortality rates of the animals increases each time. Regarding to calf mortality, the Respiratory Distress Syndrome (RDS) has an important relevance during the neonatal period, and it is present in immature lungs. The amniotic fluid is in direct contact with the fetus, and it is able to offer evidence about his maturity. The aim of this study was to standardize the characteristics of the amniotic fluid - color, aspect, viscosity, lamellar body and presence of surfactant evaluation by the Clements test and cytology - of term-born, mature, healthy calves and with proved vitality by the Apgar score, general physical exam and measurement of the spinal column and respiratory amplitude (thoracic expansion). There were used 50 Black and White Holstein calves, which mothers were observed at calving in order to collect the amniotic fluid by puncture in the moment of exposure of the fetal membrane through the vaginal canal. The amniotic fluid had a clear color and it was hazy because of the different degrees of viscosity and the presence or absence of clots. The Clements test could be adapted to the bovine species by the modification consisting in the addition of 3mL of amniotic fluid and 1mL of 95% ethanol. The methodology of the lamellar body count by the automated particle counter is not applicable for the bovine because of the small size of their lamellar body. The Nile Blue staining is unsatisfactory on predicting fetal maturity on the bovine species, different from cytology using Hematoxylin-Shorr stain. The cell stained orange counting, cells which are found in great amounts at the end of pregnancy. Measurements of the spine and thoracic amplitude are useful for the clinician who wants to evaluate fetal maturity, within a set of tools used with this purpose. The present study stablished new parameters for evaluation of fetal and pulmonary maturity in ...
Considerando a representatividade da bovinocultura de leite em nosso país, a preocupação com índices de mortalidade dos animais torna-se cada vez maior. No que se refere à mortalidade em bezerros, a Síndrome de Angústia Respiratória (SAR) tem importante relevância no período perinatal, sendo causada pela inadequada produção do surfactante no pulmão imaturo. Animais advindos de técnicas como fertilização in vitro e clonagem são acometidos pela SAR com maior frequência, assim como neonatos prematuros. O líquido amniótico encontra-se em contato íntimo com o feto, podendo fornecer indícios de sua maturidade. O objetivo deste estudo foi padronizar as características do líquido amniótico - coloração, aspecto, viscosidade, avaliação dos corpos lamelares e do surfactante presente pelo teste de Clements e citologia - de bezerros nascidos a termo, maduros, hígidos e com vitalidade comprovadas por escore Apgar, exame físico geral e medidas de coluna, amplitude respiratória (expansão torácica) e pH sanguíneo. Para tal finalidade, foram utilizados 50 bezerros da raça Holandesa Preta e Branca, cujas mães tiveram o parto acompanhado para colheita do líquido amniótico por punção no momento da exposição da bolsa fetal no canal vaginal. O líquido amniótico apresentou coloração clara e com turvação decorrente de variados graus de viscosidade e presença ou ausência de grumos. O teste de Clements foi adaptado à espécie bovina por meio de modificação caracterizada pela adição de 3mL de líquido amniótico em 1mL de etanol 95%. A metodologia de contagem de corpos lamelares no contador de partículas automático (hematológico) não foi aplicável à espécie bovina devido ao pequeno tamanho do corpo lamelar, que apresentou diâmetro aproximado de 130nm. O teste do Azul de Nilo não foi satisfatório para predizer a maturidade fetal na espécie bovina, diferentemente da citologia usando a coloração de...

Descrição

Palavras-chave

Bovino - Doenças, Sindrome do desconforto respiratorio, Liquido amniotico - Exame, Neonatologia veterinária, Nascimento a termo, Term birth

Como citar

DANTAS, Gabriela Nascimento. Maturidade pulmonar e fetal de bezerros da raça holandesa preta e branca tecém-nascidos, a termo e hígidos: análise do líquido amniótico. 2015. 67 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, 2015.