Aplicação tardia de nitrogênio no feijoeiro em sistema de plantio direto

Imagem de Miniatura

Data

2005-01-01

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Instituto Agronômico de Campinas

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

A adoção de técnicas que possibilitem a maximização da eficiência do uso de nitrogênio pelo feijoeiro é de extrema importância para aumentar a produtividade e qualidade de grãos, reduzir o custo de produção e evitar contaminação ambiental. O objetivo deste trabalho foi avaliar a resposta do feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.) à aplicação de nitrogênio em cobertura nos estádios V4 e no início do R7, em sistema de plantio direto. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso, em esquema fatorial 2 x 4, com quatro repetições. Os tratamentos foram constituídos pela aplicação de dois níveis de N (0 e 90 kg ha-1) no estádio V4, combinados com quatro níveis de N (0, 30, 60 e 120 kg ha-1) no início do estádio R7. Quando não foi realizada adubação nitrogenada de cobertura no estádio V4, a aplicação de N no início do estádio R7 aumentou a produtividade de grãos do feijoeiro em sistema de plantio direto. A produtividade máxima de grãos foi obtida com a aplicação exclusiva de 90 kg ha-1 de N no estádio V4, sendo necessárias, para atingir o mesmo nível de produtividade, maiores doses de N quando aplicadas apenas em R7. Quando é realizada aplicação de N em V4, adubações adicionais em R7 não resultam em aumento de produtividade. A aplicação de N em cobertura no estádio V4 foi mais eficiente do que a aplicação em R7, acarretando em maior incremento na produtividade por unidade do nutriente aplicado. A aplicação de N em cobertura, nos estádios V4 e início do R7, proporcionou aumento no teor de proteína nos grãos do feijoeiro.

Resumo (inglês)

The utilization of techniques that allow the maximization efficiency of nitrogen use by the common bean is important to increase grain yield and quality, to decrease production cost, and to avoid environmental contamination. The objective of this work was to evaluate the performance of common bean (Phaseolus vulgaris L.) in response to levels of sidedressed nitrogen applied on the V4 and on the beginning of R7 development stages, in no-tillage system. A randomized complete block design, in a 2 x 4 factorial scheme, with four replications was used. The treatments were a combination of two N levels (0 and 90 kg ha-1) in the V4 stage and four N levels (0, 30, 60, and 120 kg ha-1) in the beginning of the R7 stage. When nitrogen fertilization was not used in V4 stage, the application in the beginning of R7 stage increased the common bean grain yield in no-tillage system. Nitrogen application in the V4 stage (90 kg ha-1) provided the maximum grain yield. When nitrogen was applied in the V7 stage, its was necessary greater levels for obtaining the same yield. When nitrogen fertilization was used in the V4 stage, the application in the beginning of the R7 stage did not increase common bean grain yield. Nitrogen side dressing in the V4 stage was more efficient than in V7, resulting in higher grain yield per nutrient unit. The application of nitrogen in the V4 stage and in the beginning of R7 development stage, increased grain protein content.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Bragantia. Instituto Agronômico de Campinas, v. 64, n. 2, p. 211-218, 2005.

Itens relacionados

Financiadores