Música, educação e indústria cultural: o loteamento do espaço sonoro no espaço escolar

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2011-03-25

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Esta pesquisa, intitulada “Música, Educação e Indústria Cultural: o loteamento do espaço sonoro no espaço escolar”, estudou o uso sistemático das possibilidades de comunicação sonora, com ênfase para as produções musicais padronizadas pela indústria cultural e para a presença da tecnologia. A este uso deu o nome de “loteamento do espaço sonoro”. A partir da Teoria Crítica – principalmente de Adorno – foi elaborado um trabalho de compatibilização paradigmática entre os fundamentos da Teoria Crítica, os estudos antropológicos de Garcia Canclini e entre autores e músicos contemporâneos. Tal compatibilização possibilitou cunhar, no ambito teórico, o termo “loteamento do espaço sonoro” como um dos fenômenos da indústria cultural hodierna. Na pesquisa de campo o mesmo termo assumiu a função e o sentido de categoria de análise, para a pesquisa qualitativa, com abordagem antropológica, que identificou especificidades do fenômeno do loteamento do espaço sonoro dentro do espaço escolar. Duas escolas de ensino fundamental, sendo uma pública e uma particular, foram os principais campos para a coleta de dados, que utilizou observação livre, observação do repertório musical, entrevistas semiestruturadas, testes de percepção musical e levantamento do acervo sonoromusical
This research, entitled Music, Education and Culture Industry: the blending of the sound space in the school, studied the systematic use of the possibilities of acoustic communication with emphasis on music productions for the cultural industry and standardized for the presence of technology. In this usage gave the name blend of sonic space. From the Critical Theory - mainly Adorno - was an elaborate work of compatibility between the paradigmatic foundations of Critical Theory, anthropological studies of Garcia Canclini and contemporary authors and musicians. This compatibilization allowed to mint, in the theoretical realm, the term blend of the sound space as one of the phenomena of cultural industry today. In the field research took the same term the function and meaning of a category of analysis for qualitative research, an anthropological approach, which identified specific characteristics of the phenomenon of blending the sound space within the school environment. Two elementary schools, one public and one private, were the main fields for data collection, which used free observation, observation of the musical repertoire, semi-structured interviews, tests of musical perception survey and collection of sound-musical

Descrição

Palavras-chave

Industria cultural, Música, Educação - Filosofia, Padronização musical, Semiformação, Loteamento do espaco sonoro, Culture industry, Music, Standardization musical, Philosophy of education, Half-formation

Como citar

CURTÚ, Anamaria Brandi. Música, educação e indústria cultural: o loteamento do espaço sonoro no espaço escolar. 2011. 307 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara, 2011.