O sentimento de vazio: reflexões psicanalíticas na atualidade

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2012-06-21

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Verifica-se, em observações clínicas e também em literaturas científicas, um crescente sentimento de vazio nas pessoas nos tempos atuais. Assim, este trabalho busca compreender tal sentimento - o de vazio - e a sua relação com a subjetividade na atualidade, considerando o referencial psicanalítico. A pesquisa apresenta um entendimento da atualidade na ótica da Sociologia e, também, as possíveis relações entre a psicanálise de Freud e Balint para compreender esse sentimento. É um estudo teórico-reflexivo que traz subsídios para discussão desse fenômeno clínico tão comum hoje. Diante disso, é necessário contextualizar a atualidade e apresentar alguns conceitos psicanalíticos como o narcisismo, a transitoriedade e o amor primário. Levando-se em consideração que a psicanálise se encontra atravessada em sua teoria pela cultura, considera-se possível compreender o vazio na atualidade, tal como sua relação com a subjetividade. Ao realizar esse estudo, é possível apresentar subsídios para compreender o sentimento do vazio como uma possibilidade, não patológica, mas de desenvolvimento
Through clinical observations and in scientific literature, a growing feeling of emptiness in the current times has been noticed. On this purpose, this paper aims to understand this feeling – the vacuum – and its relation to the subjectivity on the current days, considering the psychoanalytic approach. The research presents a current understanding through the perspective of Sociology and also the possible relationship between psychoanalysis of Freud and Balint to understand this feeling. It is a theoretical-reflexive study that brings support for discussion of this common clinical phenomenon. Therefore, it is necessary to contextualize the present and reveal some psychoanalytic concepts such as narcissism, the transitory and primary love. Taking into consideration that psychoanalysis is traversed in this theory through culture, it is possible to understand the void on the present days, as well as its relation to subjectivity. Conducting this study, it is possible to provide subsidies to understand the feeling of emptiness as a possibility, not pathological, but as a development

Descrição

Palavras-chave

Balint, Michael. 1896-1970, Freud, Sigmund, 1856-1939, Psicanalise, Psychoanalysis

Como citar

SHIOZAKI, Marcos Paulo. O sentimento de vazio: reflexões psicanalíticas na atualidade. 2012. 97 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Letras de Assis, 2012.